Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Porto recua, e uruguaio Fucile está perto de acertar com Santos

Santos pagará apenas o salário do lateral-direito, que deve receber cerca de R$ 130 mensais

Samir Carvalho, iG Santos |

Getty Images
Fucile (à direita) disputa bola com Alexis Sánchez em jogo entre Uruguai e Chile
Após ameaçar entrar na Fifa contra o Santos pedindo a liberação do lateral-direito Danilo, o Porto parece ter recuado nesta segunda-feira, após uma conversa por telefone com o presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro. O clube português aceitou o pedido dos santistas, e deve emprestar o lateral-direito uruguaio Fucile sem custos para o time da Vila Belmiro.

Desta forma, o Santos deverá pagar apenas o salário do atleta. Em conversa com os representantes do jogador, os dirigentes santistas ofereceram cerca de R$ 130 mil mensais.

Leia ainda: Neymar posa ao lado de amigos e de Bob Esponja

O iG revelou com exclusividade na semana passada a intenção do Santos em contratar o uruguaio. Os santistas pediram o empréstimo de Fucile em troca da liberação da CIT (Certificado Internacional de Transferência) de Danilo.

A conversa entre os dirigentes portugueses e brasileiros nesta segunda amenizou o clima entre os dois clubes. Isso porque, o Porto estava indignado com a postura da diretoria santista e alegava que os brasileiros não cumpriram o contrato. O iG teve acesso a detalhes do documento, que obrigava o Santos a liberar a CIT no dia 31 de dezembro.

Além disso, o Porto não deve nenhum valor financeiro aos brasileiros, já que pagou 13 milhões de euros (R$ 29,8 milhões) à vista por Danilo, e a última parcela do pagamento do lateral esquerdo Alex Sandro, também negociado entre os clubes na temporada passada, só vence na metade deste ano.

Como o Porto não aceitou a proposta por Fucile na semana passada, o Santos sugeriu ao clube português a antecipação da última parcela do pagamento de Alex Sandro.
 

Leia tudo sobre: Santosmercado da bolaPortoPortugalUruguaiFucile

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG