Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Porto busca vitória para tomar a liderança do surpreendente APOEL

Time de Portugal tentará colocar o seu favoritismo a prova nesta terça-feira, às 16h45 (de Brasília)

Gazeta |

Enquanto Inter de Milão, Real Madrid e Milan lideram suas chaves na Liga dos Campeões sem nenhuma surpresa, o Grupo F é marcado pela surpreendente campanha do APOEL, que ocupa a primeira colocação, com cinco pontos ganhos. Diante do imprevisível rival, o Porto tentará colocar o seu favoritismo a prova nesta terça-feira, quando medirá forças com os cipriotas, às 16h45 (de Brasília), no GSP Stadium, em Nicósia.

Entretanto, se depender de seu adversário, o Porto continuará sem somar pontos nesta rodada da Champions e permanecerá fora da zona de classificação para a próxima fase. O técnico Ivan Jovanovic destacou que sua equipe não está preocupada com as dificuldades que irá enfrentar diante dos portugueses e deixou claro que seus jogadores estão confiantes na vitória.

"É um jogo importante como todos os outros e será assim até ao último encontro. Tudo vai contar. Não posso falar da equipe do Porto, só da minha, e posso dizer que não estamos ansiosos, nem sentimos pressão. Estamos muito motivados", afirmou o treinador do APOEl, que terá os desfalques do goleiro Chiotis, do zagueiro Boaventura e do meia Marcinho para esta partida.

Por outro lado, o Porto, que ocupa a terceira colocação no grupo, com quatro pontos conquistados, tentará não repetir os erros que levaram o time a empatar por 1 a 1 com os cipriotas, na última rodada, em Portugal. Para isso, o técnico Vítor Pereira deverá escalar os defensores Fucile e Otamendi no time titular, enquanto Maicon e Walter ficam de fora deste jogo.

No outro duelo de terça-feira, o Shakhtar Donetsk precisará mais do que nunca conquistar pontos diante do Zenit para escapar da última colocação e voltar a sonhar com uma vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões. O duelo contra os russos acontecerá às 14 horas (de Brasília), no Petrovski Stadion, em St. Petesburgo.

No último confronto entre ambos os times, o equilíbrio acabou prevalecendo e o empate por 2 a 2 foi o resultado mais justo para a partida. Dessa vez, os ucranianos não terão Chygrynskiy, Fernandinho e Jadson, enquanto o Zenit terá o desfalque de Aleksandr Kerzhakov. Mesmo com mais desfalques que seu adversário, Dentinho exaltou a qualidade do Shakhtar e mostrou confiança na conquista de uma vaga para próxima fase.

"A Liga dos Campeões é um torneio muito difícil. Todos os times são sólidos e marcam bem, mas eu tenho certeza que nós vamos nos classificar. Nós sabemos que este é apenas o começo da competição, mas precisamos vencer o Zenit de qualquer maneira", avaliou o ex-jogador do Corinthians, que deverá aparecer entre os titulares do time ucraniano.

Leia tudo sobre: futebol mundialportugalLiga dos CampeõesPortoAPOELShakhtar DonetskZenit

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG