Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Porta está aberta para Jael assumir a vaga de titular no Flamengo

Herói do empate com o Botafogo, atacante tem média de gols melhor do que Deivid no Campeonato Brasileiro

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Alexandre Vidal/Fla Imagem
Luxemburgo conversa com o atacante Jael
A entrada de Jael no segundo tempo e o gol no empate em 1 a 1 com o Botafogo, domingo, no Engenhão, deixaram a porta do time titular do Flamengo aberta para o atacante. Principalmente, na comparação com Deivid, que nunca conseguiu cair nas graças dos torcedores.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e coloque o time em 1º no ranking

Jael marcou seu quarto gol no Campeonato Brasileiro em oito jogos, com média de 0,5, sendo titular apenas uma vez, na derrota por 3 a 1 para o Bahia, no Engenhão. Deivid disputou 20, dos 24 jogos na competição, e balançou a rede nove vezes, ou seja, 0,4 por jogo.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

"Estou preparado, com minha cabeça tranquila. Sei que tem pressão, mas já joguei em clube de massa, como o Bahia e entendo a responsabilidade que é ser artilheiro de um time. Aqui no Flamengo vou continuar buscando o meu espaço e dando o meu melhor dentro de campo para ajudar a equipe", disse Jael.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Contratado depois da saída de Wanderley, que foi para o Al-Arabi, do Catar, Jael chegou cercado de desconfiança por causa de seu comportamento explosivo. No Flamengo, precisou fazer sacrifícios para perder peso, mas ainda espera melhorar sua forma física para assumir de vez a posição de titular.

"Já perdi quatro quilos e ainda quero perder mais. O Luxemburgo exigiu e eu estou fazendo. É para o meu bem. Vou baixar ainda mais meu peso para ficar 100%. É complicado, tem muito tempo que não como um churrasco", contou o atacante. “Tenho comido muito peixe que minha família trouxe lá de Cuiabá (capital de Mato Grosso, onde nasceu)”.

Jael já pode ser escalado como titular contra o Atlético-MG, quarta-feira, às 21h50, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Consciente da fase ruim que o time vive no Brasileiro, sabe a urgência de uma vitória para trazer de volta a tranquilidade do começo do Campeonato Brasileiro.

“É um jogo chato, mas vamos lá com o intuito de vencer”, afirmou Jael, que nem quer ouvir falar em rótulo de jogador de segundo tempo. “Isso incomoda. Ninguém quer ficar conhecido dessa forma. Estou trabalhando para dar o melhor sempre”.

null

Leia tudo sobre: FlamengoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG