Meia do São Paulo vê aspectos positivos na rotina pesada de treinos físicos comandados por Riva Carli

É provável que o elenco do São Paulo vá ser o último do Brasil a trabalhar com bola em 2011. Até agora, foram seis dias de treinamento, apenas com exercícios voltados à parte física, inclusive com um período de atividades às 7h da manhã neste domingo. Mas os jogadores, apesar de reconhecerem estar “mortos” de cansado, procuram valorizar os pontos positivos dessa rotina.

“A gente sofre. O Riva [Carli, novo preparador físico do clube] nos passou um planejamento que a gente ia sofrer um pouco no começo, mas depois a gente vai estar super bem. Com uma sequência de jogos também a gente vai pegar o ritmo ideal. Estamos com esse pensamento e vamos seguir até o final”, disse Marlos após a segunda parte de treinos do domingo.

Marlos se diz
Divulgação
Marlos se diz "morto" após treinamento, mas não reclama da carga de exercícios

O meia-atacante reconheceu que teria programa melhor para um domingo de sol, como viajar com a família para o Guarujá e chegou a dizer em tom de brincadeira que “deixaria o Riva muito longe” durante um eventual período de folga. Mas nada que gere reclamação em relação à intensidade dos treinamentos.

“Tivemos 30 dias para descansar, para fazer tudo isso. Sabíamos que quando nós voltássemos iríamos ter esse tipo de trabalho. Mas a gente está tranquilo. A família toda em casa descansando e a gente trabalhando, mas é o preço que a gente paga para chegar bem no dia 16”, afirmou o jogador, em referência ao dia da estreia no Campeonato Paulista, fora de casa, contra o Mogi Mirim.

Em 2010, especialmente no segundo semestre, o São Paulo sofreu muito com desfalques consequentes de jogadores lesionados. Em algumas partidas do Campeonato Brasileiro, o técnico Paulo César Carpegiani chegou a ter nove jogadores vetados por falta de condição física. Esse é mais um motivo para tanta preocupação com os trabalhos físicos neste início de ano.

Nesta segunda-feira, o trabalho novamente acontecerá em três períodos no Centro de Treinamentos da Barra Funda, às 7h, às 10h30 e às 16h. A programação para o resto da semana ainda não foi divulgada, mas o mais provável é que somente a partir de terça ou quarta-feira Carpegiani comece os treinos com bola.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.