Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Por torcida, Rivaldo concorda com a demissão do "amigo" Adilson

"Teremos dois jogos em casa e a torcida com certeza ia pegar no pé do Adilson", previu o veterano

Gazeta |

De homem de confiança a reserva e um dos fatores de revolta da torcida com Adilson Batista , Rivaldo acredita que a diretoria acertou ao demitir o técnico. O motivo: exatamente os torcedores que xingavam o treinador e pediam o veterano em campo desde os primeiros minutos das partidas.

Leia também: Demitido, Adilson pede desculpas aos são-paulinos

"É difícil. Sabemos que a diretoria, quando as coisas não vêm bem, há seis partidas sem vencer, precisa tomar essa decisão porque teremos dois jogos em casa e a torcida com certeza ia pegar no pé do Adilson. Neste momento, acredito que foi acertado por isso", opinou o camisa 10, pensando nos duelos contra o Libertad, na quarta-feira, e o Coritiba, no domingo, ambas no Morumbi.

Se chegou a relatar sua insatisfação com Paulo César Carpegiani por ter poucas chances, o melhor jogador do mundo na eleição da Fifa em 1999 teve relação mais tranquila com Adilson Batista, mesmo protestando por raramente poder atuar uma partida inteira.

O comandante que saiu é defendido até como amigo por Rivaldo. "É uma grande pessoa, que considero muito. É um amigo porque mostrou ser uma pessoa de bom caráter, excelente. Gostei bastante de trabalhar com ele", enalteceu o meia de 39 anos.

O meio-campista, que chegou a aceitar ser centroavante no início da curta passagem do ex-treinador na equipe, relatou a reação do elenco, que não esperava a troca de treinador mesmo após perder por 3 a 0 para o Atlético-GO e completar seis partidas sem vitória, distanciando-se do título e dificultando até a busca por vaga na Libertadores.

null

"Não só eu, todos ficamos um pouco surpreso. Era uma boa pessoa, fazia um bom trabalho, dava treinamentos que gostavam. Não conseguimos vencer e sobrou para ele. Ficamos tristes", contou Rivaldo.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e comente sobre a demissão de Adilson Batista:

Leia tudo sobre: brasileirão 2011são pauloadilson batistarivaldo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG