Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Por Ronaldinho, Fla terá que fatiar patrocínios na camisa em 2012

Traffic, parceira na contratação do meia-atacante, exige, e clube vai permitir várias marcas no uniforme

Paulo Passos e Renan Rodrigues, iG Esporte |

Alexandre Vidal/Fla Imagem
Para continuar com astro, Fla já aceita mais marcas na camisa
Na barriga, no ombro, nas costas da camisa, no calção e até nas meias. Para agradar à Traffic, empresa que bancou a contratação de Ronaldinho Gaúcho , o Flamengo já aceitou colocar patrocínios em todos os espaços possíveis no uniforme em 2012. A medida já foi tomada, por exemplo, pelo Corinthians para bancar o salário de Ronaldo. Porém, tinha sido evitada pelos dirigentes flamenguistas na chegada do Gaúcho.

LEIA MAIS: Empresa perde mais de R$ 6 mi com Gaúcho

O iG apurou que, durante as reuniões com a Traffic nesta semana, o Flamengo já cedeu e admitiu ter a camisa fatiada por diferentes patrocínios na próxima temporada. Isso foi uma exigência da empresa, que tenta viabilizar financeiramente a contratação de Ronaldinho Gaúcho e já chegou à conclusão de que somente com a exposição de várias marcas na camisa conseguirá ter lucro.

Há dois meses a Traffic não repassa sua parte, R$ 750 mil, do salário do camisa 10 flamenguista. A suspensão no pagamento ocorreu para pressionar o clube a assinar um contrato de parceria com a empresa , o que não foi feito até agora.

Há uma semana, dirigentes do Flamengo e diretores da Traffic têm se reunido diariamente para chegar a um acordo e oficializar a parceria, que foi acertada em janeiro. A empresa de marketing esportivo lucrará com os patrocínios na camisa do time. Em 2011, o grupo teve prejuízo de mais de R$ 6 milhões no negócio , já que o Flamengo ficou metade do ano sem patrocinador.

VEJA TAMBÉM: Interesse da Traffic no Maracanã ajuda a segurar Gaúcho no Fla

“Tivemos alguns avanços já, mas nada foi formalizado ainda. Vamos resolver essa situação até a semana que vem”, afirmou ao iG o diretor da Traffic Fernando Gonçalves.
Gazeta Press
No peito, na barriga e até nas axilas. Para manter Ronaldo, Corinthians fatiou camisa com patrocínios


Por meio de sua assessoria de imprensa, o Flamengo informou que não comentará cláusulas nem detalhes do contrato antes da assinatura. A presidente Patrícia Amorim está tratando da negociação.

Na última semana, ela chegou a afirmar que o atraso não era um problema do clube , já que sua parte no salário de Ronaldinho está em dia. Porém, o risco de perder o jogador, o que pode ocorrer caso a Traffic desista do negócio, levou os dirigentes flamenguistas a acelerarem as conversas e aceitarem exigências antes negadas.

Leia tudo sobre: FlamengoRonaldinho GaúchoRonaldoTraffic

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG