Líder busca recorde rival de 2003. Para evitar, time mineiro promete jogo “de time pequeno”

Montillo prega respeito ao Corinthians
Vipcomm
Montillo prega respeito ao Corinthians
A cada rodada deste Campeonato Brasileiro , o Corinthians , líder invicto do torneio, busca novas marcas para quebrar. E contra o Cruzeiro , neste domingo, às 16h, no Pacaembu, outro recorde está em jogo. Por coincidência, o melhor dos campeões dos pontos corridos, o próprio time mineiro, em 2003, pode ver um dos seus recordes obtidos naquele ano ser igualado.

Siga o iG Corinthians e o iG Cruzeiro no Twitter

O Corinthians tem sete vitórias seguidas nesta edição. E desde que o campeonato passou a ser disputado por pontos corridos, apenas o Cruzeiro, campeão de 2003, conseguiu mais triunfos consecutivos. Duas vezes naquele ano, o time mineiro, ainda dono do melhor aproveitamento de um campeão com mais de 72% dos pontos conquistados, venceu oito jogos seguidos.

Entre para a torcida virtual do seu time e o ajude a tomar o primeiro lugar do ranking

“Cada marca valoriza, mas o que importa é repetir desempenho que tivemos nesses últimos jogos. O resultado é consequência”, diz o técnico Tite. Com 93% dos pontos conquistados em 10 rodadas, o Corinthians de 2011 já ostenta o recorde de invencibilidade nos pontos corridos (19 jogos), tem o melhor início de campeonato da história em 10 jogos (28 pontos) e igualou uma sequência de vitórias que em sua história só conseguiu em 1999 (sete triunfos).

Contra o Cruzeiro, o líder terá de testar a força de seu elenco pela primeira vez neste campeonato. São três titulares ausentes, dois por pelo menos um mês: Liedson, operado no joelho esquerdo a sexta-feira, e Júlio César, com uma luxação no dedo mínimo da mão esquerda. Fábio Santos, suspenso, é outro desfalque. Desta forma, são três estreias contra o Cruzeiro. Renan e Ramon fazem o primeiro jogo pelo clube e Emerson, com sete jogos pelo Corinthians, faz seu primeiro jogo como titular.

Os jogadores do Cruzeiro não acham que terão vantagem por conta das ausências corintianas. "São jogadores importantes. O goleiro está jogando bem. O Liedson a gente sabe da qualidade, é um jogador importante e goleador. O Brasileiro é uma competição muito longa, é normal que isso aconteça. Mas quem entra quer mostrar o seu trabalho também. Quem entra quer mostrar serviço para conseguir uma vaga na equipe", disse o atacante Ortigoza.

O time mineiro chega para a partida contra o Corinthians embalado pela boa campanha sob o comando de Joel Santana. Desde que o treinador chegou, são quatro vitórias em cinco partidas (perdeu apenas para o São Paulo, no Morumbi). O Cruzeiro tem 15 pontos. Apesar do bom momento, os cruzeirenses reconhecem que precisam respeitar o líder em seu território. Tanto que Montillo sugere que o time jogue como “time pequeno” no Pacaembu .

Montillo prega respeito ao Corinthians
Vipcomm
Montillo prega respeito ao Corinthians

Esta é a primeira vez que os dois times se enfrentam depois da partida polêmica de 2010, no segundo turno do Brasileirão, quando o Cruzeiro reclamou muito da arbitragem de Sandro Meira Ricci (que anotou pênalti controverso em Ronaldo). Aquele jogo deu ao Corinthians a liderança do campeonato há três rodadas do fim do torneio, ultrapassando o Cruzeiro, que promete esquecer este jogo .

Do time que venceu o Bahia por 2 a 1, na última partida, duas prováveis alterações: Leandro Guerreiro, suspenso pelo terceiro amarelo, dá lugar para Everton no meio-campo. Na zaga, Gil volta de suspensão no lugar de Léo e deve formar a dupla de zaga ao lado de Naldo.

FICHA TÉCNICA: CORINTHIANS x CRUZEIRO
Local:
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 24 de julho de 2011, domingo
Horário: 16 horas
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Altemir Hausmann e Julio Rodrigues Santos (ambos do RS

CORINTHIANS: Renan; Welder, Chicão, Leandro Castán e Ramon; Ralf, Paulinho e Danilo; Jorge Henrique (Alex), Willian e Emerson. Técnico: Tite.

CRUZEIRO: Fábio; Vítor, Gil, Naldo e Gilberto; Fabrício, Marquinhos Paraná, Everton e Montillo; Wallyson e Ortigoza. Técnico: Joel Santana

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.