Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

¿Por mim, o Maikon Leite se aposenta no Santos¿, diz Luís Álvaro

Presidente do Santos disse que não é dono do jogador, mas acredita em gratidão para mantê-lo na Vila

Samir Carvalho, iG Santos |

Após assinar um pré-contrato com o Palmeiras e marcar três gols nos dois primeiro jogos do Santos no Campeonato Paulista, contra Linense e Mirassol, o atacante Maikon Leite despertou o interesse da diretoria santista em mantê-lo no clube. O presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, chegou a dizer que se depender dele, o atleta se aposenta no Santos.

“Por mim, o Maikon Leite se aposenta no Santos. Ainda acreditamos. Existe a especulação (da permanência). Não conhecemos o contrato que foi assinado pelo Maikon e o Palmeiras. Ele está demonstrando um caráter extraordinário e vamos lutar até o último suspiro para ele ficar”, afirmou o dirigente.

Como o atleta já assinou um vínculo com o Palmeiras, e a multa rescisória está avaliada em R$ 5 milhões, a única esperança de Luís Álvaro é que o jogador desista de jogar na equipe de Luis Felipe Scolari para continuar na Vila Belmiro. Caso isso não aconteça, Maikon Leite se apresenta no Palmeiras no dia 23 de junho, quando termina seu contrato com o Santos.

“Não conhecemos realmente o contrato que ele assinou com o Palmeiras. Temos esperanças que o Maikon Leite, como prova da dedicação dele no gramado lute para ficar no Santos.”, disse o presidente.

O mandatário santista fez questão de insinuar que a vontade do jogador decidirá o seu futuro, independente do contrato assinado. Luís Álvaro, inclusive, lembrou que recebeu uma ligação do ex-presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Beluzzo, avisando que Maikon Leite estava com seu empresário no Palestra Itália para assinar o acordo com o rival.

Na ocasião, o presidente do Santos disse que não era dono jogador, e que a vontade do atleta é soberana nessa situação. “A vontade dele é soberana, quando o Beluzzo me ligou com o empresário do Maikon Leite na frente e disse que ele estava lá para assinar o pré-contrato, eu respondi que não sou dono do jogador”, disse Luís Álvaro.

Futura Press
Zé Eduardo também já marcou três gols em 2011
Saída de Zé Eduardo depende do jogador

O presidente do Santos, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, foi coerente ao analisar a situação do atacante Zé Eduardo, que recebeu uma proposta do Genoa, da Itália, que está disposto a desembolsar 2,7 milhões de euros (cerca de R$ 6 milhões) para ficar com o jogador. Luís Álvaro acredita, que apesar da proposta, a vontade do atleta que decidirá sua permanência no clube.

“Eu tenho muito ciúmes dos meus jogadores, mas a vontade dos atleta tem que ser respeitada. Pra mim todos ficam, mas depende da vontade do jogador. O André e o Wesley quiseram sair e nós entendemos. O Zé Eduardo é identificado, mostrou no gramado seu valor”, afirmou o dirigente, que despistou quando foi questionado sobre um possível aumento salarial pedido pelo atleta. “Começamos a conversar, mas não tem nada definido”, concluiu.

 

Leia tudo sobre: santosmaikon leiteluis alvaroze eduardo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG