Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Por Libertadores, Botafogo precisa vencer e torcer contra o Atlético-PR

Equipe carioca enfrenta Prudente e Grêmio, um dos adversários diretos, mas precisa de um tropeço do Atlético-PR para terminar o Brasileiro no G4

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859555951&_c_=MiGComponente_C

Contas e mais contas. Agora é assim que o Botafogo analisa a tabela para tentar terminar o Campeonato Brasileiro na 4ª colocação e ficar com uma das vagas para a Copa Libertadores da América de 2011. Após a derrota para o Internacional, por 2 a 1, no último domingo, o Botafogo caiu para o 6° lugar, com 56 pontos, atrás do Atlético-PR, que tem o mesmo número de pontos, mas três vitórias a mais, e do Grêmio, com 57 pontos.

Sem depender mais de si, o time carioca terá que vencer as duas últimas partidas: contra Prudente, no Engenhão, e contra o Grêmio, rival direto pela vaga, no estádio Olímpico. Além disso, o Botafogo terá que torcer por uma combinação de resultados. Para terminar no G4, é preciso que o Atlético-PR perca ou empate uma das duas últimas partidas. O time curitibano enfrenta o Ceará, no estádio Castelão, e o Avaí, na Arena da Baixada.

O Botafogo também se classifica com uma vitória contra o Prudente e um empate contra o Grêmio, desde que a equipe gaúcha perca sua próxima partida, contra o Guarani, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. Porém, um tropeço do Atlético-PR em uma duas próximas partidas também seria necessário neste caso. E mesmo que termine na 4ª colocação, a vaga para o torneio internacional só virá se Palmeiras ou Goiás não vencerem a Copa Sul-Americana.

Apesar da dificuldade, o técnico Joel Santana segue acreditando na conquista da vaga. "Tem seis pontos para serem disputados, estamos um ponto atrás do Grêmio. O que tínhamos na mão perdemos. Era vencer os dois jogos em casa e talvez depender de uma partida difícil no Sul. Agora, temos que ganhar os dois para ter esperança", declarou o treinador do Botafogo.

Leia tudo sobre: botafogocampeonato brasileiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG