Por público maior, estádio em Montevideu, no Uruguai, receberá o confronto da primeira fase da Libertadores

A diretoria do Fluminense foi informada nesta terça-feira, através de um e-mail, de que a partida decisiva contra o Nacional, dia 6 de abril, foi transferida para o Centenário, único estádio, além do Azteca, na Cidade do México, a receber duas finais de Copa do Mundo. A notícia agradou a todos nas Laranjeiras, já que, oficialmente, o jogo estava marcado para o acanhado Park Central.

Em situação desesperadora no Grupo 3, com apenas quatro pontos, o Nacional justificou a mudança para atrair um grande público para o jogo com o Fluminense. Afinal, enquanto o Park Central tem capacidade para apenas 26 mil torcedores, o histórico Estádio Centenário comporta 76 mil torcedores.

Satisfeito com a mudança, o presidente Peter SIemsen esteve presente no treino da equipe. Acompanhado do assessor da presidência, Mário Bittencourt, Siemsen visitou a nova sala dos massagistas do clube.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.