Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Por ambiente tranquilo, Corinthians tenta 1ª vitória na Libertadores

Bom início de temporada passa por vitória contra o Nacional (PAR), na estreia no Pacaembu

Bruno Winckler, iG São Paulo |

Líder do Campeonato Paulista e com bons números neste início de temporada, o Corinthians vive momento tranquilo, sem pressões externas, navegando por águas tranquilas nos primeiros meses de 2012. O curso da nau corintiana pode, contudo, passar por maus ventos. Para evitar turbulências e seguir firme na busca por grandes conquistas, o Corinthians enfrenta o Nacional, do Paraguai, nesta quarta-feira às 22h, com a obrigação de vencer e assim encaminhar uma classificação tranquila na Libertadores .

Bruno Winckler
Edenílson será o lateral-direito corintiano
Leia também: Tite cita Michael Jordan para ensinar Corinthians a superar Tolima

"São seis jogos para conseguir uma classificação, mas um tropeço (contra o Nacional) aumentaria a pressão, sim. É melhor evitar isso", disse Tite, na terça-feira. O treinador prepara um time com a base titular desta temporada, com uma improvisação. Alessandro e Welder, os dois laterais direitos da lista de 25 nomes da Libertadores, não tem condições de jogo e  Edenílson será testado na posição.

E mais: Sem zagueiros, banco terá três atacantes e dois meias contra o Nacional

O Corinthians tem um ponto no torneio. Empatou na estreia, dia 15 de fevereiro, contra o Deportivo Táchira, na Venezuela. O rival paraguaio também fez uma partida e perdeu em casa para o Cruz Azul. O time mexicano lidera a chave com seis pontos (também venceu o Táchira). Para não distanciar-se do líder, uma vitória contra o atual quarto colocado do Campeonato Paraguaio se faz necessária. 

Deixe o seu recado e comente esta notícia

"Se a gente tropeçar, teríamos de somar pelo menos quatro pontos contra o Cruz Azul (rival corintiano nos dias 14 e 21 de março)", disse Tite, atento aos perigos que o Nacional pode oferecer. O principal deles está nos pés de Rodrigo Teixeira, atacante brasileiro que defende o clube de Assunção. "Ele é alto, perigoso, vimos alguns vídeos dele", disse o treinador, que assistiu aos últimos sete jogos da equipe, inclusive à última. No sábado, a equipe paraguaia perdeu para o Olímpia no torneio local.

O Corinthians terá o retorno de alguns titulares que foram poupados contra o Santos, no último fim de semana. O zagueiro Chicão, o volante Paulinho (reserva na Vila), o meia Danilo e o atacante Liedson voltam ao time. Leandro Castán, ausente dos últimos três jogos do Paulista, também está escalado.

FICHA TÉCNICA: CORINTHIANS x NACIONAL (PAR)
Local:
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 7 de março de 2012
Horário: 22h
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Auxiliares: Carlos Astroza e Juan Maturana (CHI)

CORINTHIANS: Julio Cesar, Edenílson, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Emerson, Danilo e Jorge Henrique; Liedson. Técnico: Tite.

NACIONAL (PAR): Caffa; Caniza, Mendoza, Miranda e Raúl Piris; Mazacotte, Villarreal, Ramón Cáceres e Derlis Orué; Ariel Bogado e Rodrigo Teixeira. Técnico: Javier Torrente.

Entre para a torcida virtual do Corinthians e o ajude a se manter no topo do ranking 

Leia tudo sobre: corinthianslibertadores 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG