Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ponte vence mais uma fora e fica perto da classificação

Com a derrota, o time de Bragança continua em 13º e não consegue se afastar da zona de rebaixamento

AE |

A Ponte Preta confirmou a fama de "visitante ingrato" ao vencer o Bragantino, por 1 a 0, neste domingo à noite, em Bragança Paulista, chegando à sua sexta vitória fora de seus domínios no estadual. Com 29 pontos, o time de Campinas subiu para quinta posição, estando virtualmente classificado para a segunda fase. O Bragantino acumulou a sua terceira derrota consecutiva, continua com 19 pontos, em 13.º lugar e ainda temendo o rebaixamento. 

Vindo de quatro jogos sem vitórias e da eliminação precoce na Copa do Brasil, quinta-feira, quando perdeu para o Goiás em Campinas, a Ponte Preta entrou em campo com uma nova postura. Por opção tática, o técnico Gilson Kleina posicionou o time na defesa para explorar os erros do adversário. 

A opção funcionou. Apesar de o Bragantino ter domínio territorial, sofreu o gol numa falha da defesa. Ela saiu jogando errado e a bola ficou para Gil, que cruzou na medida para o cabeceio de Tiago Luís. Ponte 1 a 0, aos 26 minutos. 

O Bragantino quase empatou aos 42 minutos, quando Fabrício Carvalho soltou uma bomba no peito de Josimar, quase em cima da linha de gol. Lance parecido aconteceu favorável à Ponte, já nos acréscimos, aos 47 minutos. Gil vislumbrou Lucas em velocidade. Ele tirou o goleiro Gilvan da jogada, mas o zagueiro Murilo apareceu para aliviar, quase na linha de gol. 

No segundo tempo, o Bragantino foi incapaz de variar as suas jogadas ofensivas, principalmente com bolas alçadas na área. A Ponte se manteve fiel à sua proposta de jogo, com Gil quase ampliando aos 12 minutos, num chute de longe. A bola explodiu no travessão. Aos 24, Rodriguinho também acertou a trave para o Bragantino. 

FICHA TÉCNICA: 

Bragantino 0 x 1 Ponte Preta 

Bragantino - Gilvan; Marcos Aurélio, Carlinhos e Murilo; Nêgo, Éder, Rodriguinho, Marcelinho e Júlio César (João Salles); Léo Jaime (Paulo Roberto) e Fabrício Carvalho (Juninho Quixadá). Técnico Marcelo Veiga. 

Ponte Preta - Bruno; Guilherme, Leandro Silva, Ferron e João Paulo; Xaves, Josimar, Mancuso (Lucas) e Gil (Renan); Ricardo Jesus e Tiago Luís (Márcio Diogo). Técnico Gilson Kleina. 

Gol - Tiago Luís, aos 26 minutos do primeiro tempo.

Árbitro - Robinson José Andréa de Góes.

Cartões amarelos: Rodriguinho, Xaves, Lucas, Ferron, Guilherme, e João Paulo.

Renda - R$ 26.921,00.

Público - 2.660 pagantes.

Local - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG