Time de Campinas jogou fora de casa, não venceu e viu a líder Portuguesa disparar ainda mais na tabela

Após levar a melhor no clássico campineiro, a Ponte Preta não conseguiu embalar na Série B do Campeonato Brasileiro . Nesta terça-feira, ela apenas empatou com o Bragantino por 1 a 1, em Bragança Paulista. Na segunda etapa, o time do técnico Gilson Kleina armou uma blitz, mas parou na trave e no goleiro Gilvan.

O empate, no entanto, foi suficiente para manter a Ponte na vice-liderança do campeonato, com 54 pontos. O Bragantino, por sua vez, foi aos 45 e, mesmo há sete jogos sem vitórias, seguiu sem grandes aspirações e preocupações na Segundona.

Na rodada seguinte, a equipe de Campinas enfrentará o Paraná, na sexta-feira. No mesmo dia, o Bragantino, de Marcelo Veiga, visitará o Boa Esporte.

O jogo
Apesar do mau momento no torneio, o Bragantino fez valer o fator casa e começou melhor o duelo contra a Ponte Preta. Aos 22 minutos, o atacante Lincom pegou cruzamento de Léo Jaime e, de letra, quase furou a meta do goleiro Júlio César.

A jogada de perigo serviu de prévia. Sete minutos depois, Romarinho levantou e Lincom não perdoou: chutou duas vezes para balançar as redes da Macaca, que aumentou o ritmo em busca do empate antes do intervalo, mas os esforços foram em vão.

Se nos 45 minutos iniciais a bola da Ponte não entrou, o time campineiro precisou de apenas nove na etapa complementar para deixar tudo igual. O meia Renato Cajá tabelou com o atacante Ricardo Jesus e marcou.

O gol atiçou a Ponte, que venceu o clássico contra o Guarani no final de semana. Aos 23 minutos, João Paulo bateu falta com efeito e Gilvan defendeu. Seis minutos depois, Ricardinho arriscou de longe e acertou a trave (que foi a principal chance desperdiçada).

FICHA TÉCNICA:
BRAGANTINO 1 X 1 PONTE PRETA

Estádio : Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 18 de outubro de 2011, terça-feira
Horário : 20h30 (de Brasília)
Árbitro : Guilherme Ceretta de Lima
Auxiliares : Anderson J. Moraes Coelho e Fabricio Porfirio de Moura
Cartões amarelos : Diego Macedo, Ésley e Marcinho (Bragantino); Ferrón e Caio (Ponte Preta)

GOLS: BRAGANTINO: Lincom, aos 29 minutos do primeiro tempo;

PONTE PRETA: Renato Cajá, aos nove minutos do segundo tempo

BRAGANTINO : Gilvan, Felipe, André Astorga e Júnior Lopes; Luis Carlos (Luis), Reinaldo, Marcinho, Léo Jaime e Esley (Diego); Romarinho (Deyvid Sacconi) e Lincom.
Técnico: Marcelo Veiga.

PONTE PRETA : Julio Cesar, Patric, Ferron, Wescley (Wellington) e João Paulo; João Paulo Silva, Guilherme, Caio (Renatinho) e Renato Cajá (Gérson); Ricardinho e Ricardo Jesus.
Técnico: Gilson Kleina.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.