Time de Campinas não conseguiu vencer fora de casa e perdeu chance de encostar na Portuguesa

Assim como na última rodada, quando apenas empatou com o Boa Esporte, a Ponte Preta desperdiçou a chance de encostar na Portuguesa. Enquanto a equipe paulista empatou com o lanterna Duque de Caxias, o time de Campinas visitou o ABC na noite desta sexta-feira e conseguiu apenas um empate em 1 a 1 diante dos donos da casa, com gols de Cascata para os anfitriões e Wescley para os visitantes.

Com o resultado, os comandados de Gilson Kleina chegaram aos 34 pontos, cotnra 37 da Portuguesa, e mantiveram os três pontos de distância em relação à líder da competição, e viram o Náutico, com 33, encostar na briga. Enquanto isso os abecedistas ficam com 25, mantendo a oitava colocação.

Na próxima rodada, a última do primeiro turno, a Ponte inicia a sua série de cinco jogos de mando longe do Moisés Lucarelli, encarando o Náutico, na Fonte Luminosa, em Araraquara. Já os potiguares vão até Americana, encarar o time da casa. Ambos jogos serão às 20h30 (de Brasília) da terça-feira.

Ponte Preta não conseguiu passar pelo ABC no Fraqueirão
AE
Ponte Preta não conseguiu passar pelo ABC no Fraqueirão

O Jogo
A partida começou com pressão dos donos da casa, tentando aproveitar o calor da torcida no Frasqueirão, e a estratégia deu certo. Aos dez minutos, Leandrão cabeceou e Wescley salvou em cima da linha. Na sequência, Cascata pegou a bola na entrada da área, tabelou com Makelele e bateu cruzado, no canto esqquerdo de Julio Cesar, que não conseguiu alcançar o chute.

Na resposta, cinco minutos depois, Renatinho dominou na entrada da área e bateu rasteiro para a defesa de Welligton. Depois, Mancuso, em chute de fora da área, ameaçou, assim como Makelele, aproveitando sobra de escanteio.

Nenhum lance, porém, proporcionou grande perigo aos goleiros. A melhor das oportunidades veio com Uendel, já aos 42, quando o lateral da Ponte desceu bem pela esquerda e bateu para a boa defesa do arqueiro da casa.

Já na segunda etapa, os visitantes voltaram melhor, dispostos a encostar na líder Portuguesa. Pressionando e colocando seus homens à frente, os campineiros chegaram ao gol aos 23 minutos. Mancuso alçou bola na segunda trave e Wescley chegou antes de Welligton para, um pouco desajeitado, desviar e guardar o seu.

Empolgada, a Ponte seguiu ofensiva, e quase conseguiu o segundo gol em jogada de Renatinho, que desceu bem pela esquerda, cortou para o meio e bateu forte. O goleiro do ABC espalmou e, na sobra, Lucio Flavio cabeceou, mas mandou por cima da trave.

Depois, no entanto o jogo ficou muito truncado, com sete cartões amarelos sendo distribuídos em menos de 25 minutos. Os dois times tentavam chegar em chuveirinhos, mas não conseguiram tirar a igualdade do placar. Leandrão ainda reclamou um pênalti, mas a arbitragem não deu ouvidos ao atacante potiguar.

FICHA TÉCNICA
ABC-RN 1 X 1 PONTE PRETA

Local: Estádio Frasqueirão, em Natal (RN)
Data: 19 de agosto de 2011, sexta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Júnior (MG)
Assistentes: Erich Bandeira (PE) e Helberth Costa Andrade (MG)
Cartões Amarelos: Welligton, Geilson, Leandrão e Renatinho Potiguar (ABC); João Paulo, Mancuso, Ricardinho, Lucio Flavio e Uendel (Ponte)
Gols: ABC: Cascata, aos dez minutos do primeiro tempo
PONTE: Wescley, aos 23 minutos do segundo tempo

ABC-RN: Welligton; Tiago Garça, Max e Rômulo; Samuel, Ricardo Oliveira (Erivelton), Makelele, Cascata (Diego Barbosa) e Renatinho Potiguar; Leandrão e Geílson (Ederson)
Técnico: Guto Ferreira

PONTE PRETA: Júlio César; Guilherme, Wescley, Wellington e Uendel; Xaves (Ricardinho), João Paulo Silva, Mancuso e Renato Cajá (Lucio Flavio); Renatinho e Ricardo Jesus (Márcio Diogo)
Técnico: Gilson Kleina

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.