Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ponte não consegue efeito suspensivo e Lúcio Flávio segue fora

Xingamento a juiz rendeu suspensão de quatro jogos ao atacante do time de Campinas

Gazeta |

O sonho do técnico Gilson Kleina em poder contar com o atacante Lúcio Flávio no próximo compromisso da Ponte Preta foi interrompido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na última segunda-feira. Os advogados da equipe campineira tentaram entrar com um efeito suspensivo para livrar o atleta da pena recebida, mas não conseguiram convencer o juri e saíram derrotados.

Cosiderado o grande 'talismã' da Ponte Preta durante o campeonato, Lúcio Flávio recebeu um cartão amarelo aos 41 minutos do segundo tempo da vitória por 2 a 1, diante do Duque de Caxias, por ter xingado o árbitro Jefferson Schmidt. Como o juiz relatou o ocorrido na súmula, o atleta foi a julgamento e acabou punido com quatro jogos de suspensão.

Com isso, o treinador ponte-pretano colecionará desfalques no setor ofensivo da equipe. Além do atacante, o meia Renatinho e o avançado Ricardinho estão lesionados e não terão condições de entrar em campo contra o ABC, no próximo sábado, no Moisés Lucarelli.

Entretanto, Ricardo Jesus voltará de suspensão e deverá formar a dupla de ataque com Gigena ou Bruno Nunes, ao mesmo tempo em que Renato Cajá assumirá a armação das jogadas. Outro retorno aguardado pelo treinador é a volta do capitão Leandro Silva, que também ficou de fora da última partida da equipe, devido ao acúmulo de cartões, e retomará a vaga de Ferrón.

Na terceira colocação da Série B, com 59 pontos ganhos, a Ponte Preta não vence a quatro jogos e permitiu que os demais concorrentes a uma vaga no G-4 encostassem na tabela de classificação. Mesmo com a proximidade de seus adversários, uma vitória diante dos potiguares, neste sábado, acompanhada de tropeços de Bragantino e Vitória, consolidaria o acesso da equipe para a Primeira Divisão.

Leia tudo sobre: série b 2011Ponte PretaLúcio Flávio

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG