Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ponte encara o Goiás na Copa do Brasil tentando aproveitar embalo

Com grandes chances de classificação no Campeonato Paulista, equipe de Campinas joga em casa nesta quinta

Gazeta |

Dona de uma boa performance no Campeonato Paulista, ocupando a sexta colocação e com grandes chances de classificação, a Ponte Preta, que encara o Goiás nesta quinta-feira, às 19h30, no estádio Moisés Lucarelli, pela segunda fase da Copa do Brasil, agora quer estender a campanha além das fronteiras do estado. Para isso, o clube se espelha na última boa participação no torneio, em 2009, quando caiu nas quartas de final.

O feito só perde para o terceiro lugar conquistado em 2001, em um time que tinha o centroavante Washington como grande referência. Para realizar tal objetivo, o técnico Gilson Kleina pediu respeito ao Goiás, mesmo com a apenas razoável campanha Esmeraldina no Estadual (é o terceiro colocado, e vem de derrota para o Morrinhos, por 3 a 1, na última segunda).

"Queremos fazer o segundo jogo lá (no Serra Dourada, em Goiânia) de forma inteligente. Conversamos com o grupo e não é porque o Goiás vem de um resultado ruim, que será fácil. Houve circunstâncias que levaram o Goiás a esse resultado negativo e nós mesmos estamos tendo dificuldade para jogar aqui no Majestoso nas últimas partidas. Por isso vamos procurar fazer a melhor formação, com uma equipe compacta e dinâmica", afirmou.

O treinador desconversou sobre o time que deve ir a campo, mas uma novidade seria a entrada do volante Gil, que retorna de contusão. Confirmado entre os titulares, o zagueiro Ferron pediu raça à equipe. "Em se tratando de Copa do Brasil, será uma partida muito difícil. Mais do que nunca temos que fazer prevalecer o mando de jogo. Em um torneio de tiro curto, se você perder, fica complicado reverter", comentou.

Do outro lado, os goianos querem esquecer o revés da última segunda-feira, e buscam um bom resultado no interior paulista. Para o goleiro Harlei, esse é o momento de o time se mostrar acertado. "A Copa do Brasil é uma competição muito dura. São dois jogos praticamente sem erro, e normalmente quem faz isso é porque está com uma equipe bem treinada, com boa postura em campo", declarou.

Para a partida contra a Macaca, o técnico Artur Neto deve ter o retorno do zagueiro Marcão e do volante Marcelo Costa, que se recuperava de lesão muscular. O desfalque fica por conta do atacante Hugo, suspenso por ter sido expulso na partida contra o Vitória-ES, pela primeira fase. Felipe Amorim deve ser adiantado para o ataque e formará dupla com Guto.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA x GOIÁS

Local: Estádio Moises Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 31 de março de 2011, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC)
Assistentes: Eberval Lodetti e Neuza Ines Back (ambos de SC)

PONTE PRETA: Bruno; Eduardo Arroz, Leandro Silva, Ferron e João Paulo; Xaves, Lucas (Gil), Mancuso e Valber; Tiago Luís e Ricardo Jesus
Técnico: Gilson Kleina

GOIÁS: Harlei; Ernando, Rafael Toloi e Marcão; Oziel, Carlos Alberto, Zé Antônio, Marcelo Costa e Diogo; Felipe Amorim e Guto
Técnico: Artur Neto

Leia tudo sobre: ponte pretagoiáscopa do brasil2011kleinaestadual

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG