Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Polivalente, Danilo ataca de 'maestro' e artilheiro no Santos

Volante participou dos três gols do Santos na vitória diante do Deportivo Táchira por 3 a 1 no Pacaembu

Samir Carvalho, iG Santos |

O torcedor do Santos está se acostumando com as grandes atuações do volante Danilo. Polivalente, o atleta já atuou nas duas laterais, como volante e meia nesta temporada. Se não bastasse a versatilidade, Danilo resolveu atacar de ‘maestro’ e artilheiro da equipe santista. Diante do Deportivo Táchira, o jogador marcou seu terceiro gol na Copa Libertadores da América, assumindo a artilharia do time na competição ao lado de Neymar e Elano.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

Além de fechar o placar na vitória do Santos contra o Táchira por 3 a 1 na última quarta-feira, no Pacaembu, Danilo participou dos dois primeiros gols da equipe na partida. O volante iniciou a jogada do gol de Neymar, que abriu o marcador, e ainda deu a assistência para o gol de Jonathan.

Após a vitória que garantiu a classificação do Santos para a próxima fase, Danilo foi um dos jogadores mais elogiados pelo técnico Muricy Ramalho.

“O Danilo foi muito importante. Quando você faz o triângulo, igual no Paraguai, as pessoas acham que são três volantes, mas quando a gente pega a bola ele (Danilo) vira um meia muito ofensivo. O time tem os artistas e os caras que seguram e não aparecem muito”, afirmou Muricy.

Segundo estatísticas do Footstas, além do gol e da assistência contra o Táchira, Danilo foi quase perfeito em um dos principais fundamentos do futebol: o passe de bola. O volante acertou 51 passes e errou apenas quatro. O jogador evolui a cada jogo com a camisa do Santos, já que Danilo tinha acertado 17 passes contra o Colo Colo e 23 contra o Cerro Porteño nas rodadas anteriores da Libertadores.

Danilo chegou ao Santos na temporada passada. Contratado para atuar na lateral-direita, posição de origem, o atleta foi deslocado para a posição de volante pelo técnico Dorival Júnior, que procurava no elenco um substituto para Wesley, negociado para o futebol europeu. Além de Dorival e Muricy, Danilo também foi utilizado como volante pelos técnicos Adilson Batista e Marcelo Martelotte.

 

Leia tudo sobre: santosdanilocopa libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG