Viatura da Delegacia Especializada em Crimes de Informática esteve no local para entregar documento

Enquanto os jogadores do Flamengo já estavam em campo, treinando no CT do Ninho do Urubu, uma viatura da Delegacia Especializada em Crimes de Informática (DRCI) chegou ao local na manhã desta quarta-feira, por volta de 10h15, para entregar documentos ao atacante Ronaldinho Gaúcho . O clube entrou com um registro de ocorrência por conta de um vídeo divulgado na internet onde, segundo o jogador, uma pessoa se passando por ele aparece em cenas íntimas.

Leia mais: Ronaldinho se atrasa para treino e diz que processará autor de 'montagem'

Como Gaúcho não se encontrava, a viatura ficou cerca de 15 minutos no CT e foi embora. O caso está sendo cuidado pelo diretor jurídico do Flamengo, Rafael De Piro. Caso o autor do vídeo seja identificado e culpado, pode receber uma pena de até quatro anos de prisão. Na última semana, o técnico Vanderlei Luxemburgo fez brincadeiras com o incidente, mas o clube se mostrou ao lado do jogador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.