Pacotes foram enviadas semanas após a disputa de um jogo entre os rivais Celtics e Rangers, que tem antigo histórico de confrontos

A polícia escocesa revelou nesta quarta-feira que pacotes com explosivos foram enviados ao técnico Neil Lennon, do Celtic, e a conhecidos torcedores do clube. De acordo com os policiais, os artefatos com explosivos ativos poderiam ter causado "danos reais". Os pacotes foram enviadas semanas após a disputa de um jogo entre os rivais Celtics e Rangers, que tem antigo histórico de confrontos.

Os pacotes foram interceptados em sua totalidade antes de chegarem ao destino e não explodiram."Eles foram concebidos para causar danos reais às pessoas que abrissem", disse o detetive John Mitchell. "O envio desses pacotes pelo correio é um ato desprezível e covarde".

Embora a polícia não queira comentar as razões por trás do envio dos pacotes de explosivos, as tensões na Irlanda do Norte, país do treinador, e em Glasgow entre os torcedores do Celtic, que são na sua maioria católicos, e os fãs do Rangers, que são na sua maioria protestantes, podem estar por trás do incidente.

O primeiro pacote-bomba contra Lennon, um católico da Irlanda do Norte foi descoberto em 4 de março e o segundo foi interceptado em um escritório de distribuição do correio de Glasgow, em 26 de março.

Outro pacote-bomba enviada ao legislador escocês e torcedor do Celtic Trish Godman foi interceptado no escritório do seu distrito eleitoral dois dias depois. Um terceiro pacote, destinado a Paul McBride, um advogado que representa Lennon, foi interceptado nesta semana.

Stewart Regan, o diretor-executivo inglês da Associação de Futebol da Escócia, disse que o esporte "não deve ser usado como uma plataforma para intolerância e ódio religioso". "Como quase um recém-chegado a esse país, acho que esta situação recente
tanto lamentável como deprimente, e com apoio da polícia, do governo escocês e dos nosso organismos da liga, é a nossa intenção ajudar a livrar o futebol escocês desse veneno indesejado que parece prevalecer na nossa sociedade", completou Regan.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.