Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Polícia indicia duas pessoas por incêndio na Arena do Grêmio

Operários colocaram fogo nos alojamentos, causando prejuízo de R$ 6 milhões

iG Porto Alegre |

Agência Estado
Operários da Arena do Grêmio ficaram revoltados com atropelamento
Duas pessoas serão indiciadas nesta quinta-feira pelo incêndio na Arena do Grêmio, ocorrido em outubro. São dois operários que haviam sido contratados pela construtora.

A Polícia Civil concluiu o inquérito e a denúncia será feita por incêndio criminoso com agravante doloso. Na ocasião, os operários colocaram fogo nos alojamentos para protestar contra a morte de um colega. José Elias Machado, de 40 anos, morreu após ser atingido por uma caminhonete, na BR-290, em frente ao estádio. Após o acidente, os operários começaram as reclamações pedindo melhores condições de trabalho e que uma travessia fosse feito no local.

Veja também: Grêmio encaminha a contratação de Marcelo Moreno

Um operário de 21 anos, vindo de São Paulo, e outro, de 26, oriundo de Pernambuco, terão que responder na justiça. Eles são os acusados de terem iniciado o fogo no alojamento, provocando um prejuízo de R$ 6 milhões. Além da destruição do prédio, outros operários perderam objetos pessoais. Alguns também tiveram a vida em risco, pois estavam dormindo no momento.

Tenha informações do Grêmio no Twitter

Após o ocorrido, 150 trabalhadores pediram demissão e voltaram para suas casas. Grande parte deles havia vindo do Nordeste.    

 Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e comente sobre o seu time:

Leia tudo sobre: GrêmioArena Grêmio

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG