Brasileiros voltavam do jogo contra o Cerro Porteño e teriam levado dinheiro das caixas registradoras

A Polícia paraguaia deteve 61 torcedores do Santos que praticaram vandalismo nas ruas após a partida de volta das semifinais da Copa Libertadores contra o Cerro Porteño , informaram fontes policiais nesta quinta-feira.

Os torcedores retornavam em dois ônibus, cujos motoristas também foram detidos e levados para a Polícia de San Lorenzo, município vizinho de Assunção, por "roubo agravado, danos materiais e perturbação da paz pública".

A Polícia informou em comunicado que os torcedores do Santos atacaram vários restaurantes de fast-food com bombas de efeito moral, pedras e paus e levaram dinheiro das caixas registradoras. A imprensa local disse que os torcedores santistas também atacaram um posto de gasolina e agrediram uma pessoa.

O fiscal Julio César Ortiz ordenou a detenção preventiva dos vândalos e a retenção dos ônibus nos quais viajavam após o jogo de volta das semifinais da Libertadores, que o Santos empatou em 3 a 3 e se classificou para a final da competição continental.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.