Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Platini dispara contra alta de preços dos hotéis na Ucrânia

Dirigente da Uefa disse que preços abusivos cobrados por "bandidos e sem-vergonhas" pode afastar turistas da competição

EFE |

Getty Images
Platini critica inflação dos preços para a Euro 2012
O presidente da Uefa, Michel Platini, mostrou preocupação nesta quinta-feira por conta da alta dos preços dos hotéis na Ucrânia, sede da Eurocopa, que será disputada entre 8 de junho e 1º de julho, e acusou os que se aproveitam da competição para faturar alto.

Leia também: Euro 2012 é a mais cara dos últimos anos e supera até a de 2016

"É absurdo fazermos grandes investimentos e que depois as pessoas não venham ao país porque há bandidos e sem-vergonhas que querem fazer muito dinheiro durante a Eurocopa", disse Platini.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A afirmação foi feita durante a cidade ucraniana de Lvov, uma das sedes da competição, que será organizada conjuntamente entre Ucrânia e Polônia. O ex-craque também revelou preocupação com o fato de que alguns hotéis do país do Leste Europeu não respeitam os contratos sobre quartos alugados com adiantamento.

Confira ainda: Polícia polonesa não está preparada para 'hooligans', diz relatório

Para resolver o problema, Platini cobrou ação das autoridades do país. "Não se pode subir o preço de um quarto de 40 a 100 euros para 500, de um dia para o outro. Espero que, pelo bem da Ucrânia, se respeitem os contratos, caso contrário, as pessoas não vão vir".

E mais: Seleção alemã fará visita ao campo de concentração de Auschwitz

Após as palavras do dirigente francês, o vice-primeiro-ministro da Ucrânia, responsável pela organização da Eurocopa, Boris Kolesnikov, se comprometeu a adotar as medidas necessárias para solucionar o problema em um prazo de 30 dias.

Leia tudo sobre: euro 2012uefamichel platini

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG