Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Platini afirma que Messi ainda precisa brilhar em uma Copa do Mundo

Presidente da Uefa diz que argentino deve se destacar com a seleção de seu país para ser lembrado com um dos maiores da história

iG São Paulo |

O desempenho de Messi no Barcelona é inquestionável e o levou a conquistar o título de melhor jogador do mundo por três anos consecutivos. Entretanto, para Michel Platini, presidente da Uefa, o argentino de 24 anos, que recebeu a última Bola de Ouro na última segunda-feira, ainda deve se destacar em uma Copa do Mundo para ser lembrado como um dos melhores jogadores de todos os tempos.

Infográfico: Veja os números da carreira de Messi

"Vejam o caso de Maradona. Todos se lembram do que ele fez na Copa do Mundo de 1986 (na qual a Argentina foi campeã), ninguém se lembra tanto do trabalho dele no Napoli ou no Barcelona. Ainda é a Copa do Mundo que fica na cabeça das pessoas", disse o ex-jogador após a premiação.

"O fato é que Messi será sempre um dos grandes, com ou sem uma Copa do Mundo, assim como Johan Cruyff é um dos grandes sem o título. Mas a Copa do Mundo tem alguma coisa especial", acrescentou o presidente da Uefa.

E ainda: 'Elite da bola' exalta Messi e Cristiano Ronaldo, mas esnoba Neymar

Esta é a grande crítica feita ao jogador, que não repete na seleção argentina as atuações de gala do Barcelona. Nas duas últimas Copas, Messi teve atuações apagadas e não conseguiu levar seu país além das quartas de final. Antes da cerimônia de entrega da Bola de Ouro, no entanto, atribuiu os fracassos ao fato de que a Argentina não tem uma das melhores equipes do mundo.

"A verdade é que estamos muito longe de sermos a melhor seleção do mundo. Há muitas à nossa frente, mas nós temos ambições. Ainda há muito tempo até 2014, e nós temos que melhorar muito, mas chegaremos lá", declarou o jogador.

Leia tudo sobre: futebol mundialargentinaespanhabarcelonamessiplatiniuefa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG