Chegada do meia seria 'presente' para o técnico Caio Júnior, mas não está no projeto do elenco

Sonho da torcida do Botafogo, o meia Diego, liberado pelo Wolfsburg, da Alemanha, para negociar com outras equipes, não é visto como peça decisiva para a equipe carioca disputar o título do Campeonato Brasileiro. Segundo o vice-presidente de futebol da equipe, André Silva, o elenco está praticamente fechado e a chegada do meia seria um 'presente' para o técnico Caio Júnior, que projeta sua equipe sem o jogador.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"Fizemos contratações pontuais e temos um elenco forte, bem equilibrado. No ano passado nós sofremos com lesões na reta final e esse ano fizemos um projeto mais robusto. O planejamento é sem o Diego, com o time atual que está ai. É preciso fazer um projeto com a realidade", declarou André Silva.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

O jogador admitiu conversas com Botafogo e Santos , mas negou que tenha recebido propostas oficiais. Diego também revelou recentemente que gostaria de jogar na Inglaterra . A equipe carioca segue em compasso de espera para saber se o jogador permanecerá na Europa ou se voltará ao Brasil. Em março, Maurício Assumpção viajou para a Europa e apresentou um projeto ao jogador, porém, a negociação com Diego é tratada com total sigilo em General Severiano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.