Tamanho do texto

Volante volta a dizer que sua vontade é permanecer e comenta decisão de Kalil, em não pagar a premiação

A goleada sofrida para o Cruzeiro vai ser sentida pelos jogadores do Atlético-MG no bolso. Depois do vexame na Arena do Jacaré, o presidente Alexandre Kalil garantiu que os atleticanos não vão receber o prêmio de R$ 1 milhão por terem evitado a queda do clube à Série B. A decisão do dirigente não deixou Cuca satisfeito e o treinador até deixou Kalil à vontade para trocar a comissão técnica.

Veja também: Atlético-MG foi o 15º colocado, fora da Sul-Americana. Veja a classificação

Entre os jogadores, somente Pierre se pronunciou sobre o assunto. Apesar do pouco tempo de clube, o volante diz entender a decisão tomada por Alexandre Kalil. O camisa 55 do Atlético-MG lembrou que o mandatário administra o clube muita paixão e nem sempre toma decisões baseadas na razão, mas sim na emoção.

Leia também: Com o rosto machucado, Pierre diz que Charles merecia o vermelho

“O momento é que todo mundo está com os nervos à flor da pele. A gente entende o lado do presidente, que é mesmo coração. Tenho apenas três meses de Atlético , mas sei que são os nervos à flor da pele, vivemos isso aqui intensamente, todos nós queríamos sim, não tem ninguém rasgando dinheiro. Vamos ver o que vai ser resolvido”.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com premiação ou sem premiação, a única certeza de Pierre é o seu desejo em permanecer no Atlético-MG . Emprestado pelo Palmeiras , o volante tem de se reapresentar ao clube paulista em janeiro. Mas Pierre aguarda a chegada de seu agente a Belo Horizonte, para que seja feito o negócio entre Atlético-MG e Palmeiras.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

“O meu desejo, sem dúvida, é permanecer. Mas não é uma decisão que cabe a mim, depende do Palmeiras, do Kalil. Já expus qual é a minha vontade. Identifiquei-me com a torcida atleticana e não vai ser por conta de um jogo que vamos jogar tudo por água abaixo. Espero que me futuro seja decidido na semana que vem, torço para que o melhor seja resolvido”.