Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Picerni dá pistas de que permanecerá no Santo André em 2011

Há desejo na continuidade do trabalho e teremos um projeto diferente para 2011, afirmou o treinador. Time do ABC é o lanterna da Segundona

Gazeta Esportiva |

Mesmo próximo de não atingir o objetivo de evitar o rebaixamento do Santo André à Série C do Campeonato Brasileiro, o técnico Jair Picerni deixou escapar que existe uma conversa entre ele e a diretoria a respeito de uma continuidade do trabalho.

Campeão da Segunda Divisão do Nacional em 2003 à frente do Palmeiras, Picerni recebeu o time do ABC na 29ª rodada, quando estreou com revés para o Figueirense por 2 a 0. Desde então, o clube do ABC paulista manteve a irregularidade e persistiu na lanterna da competição. Foram mais três resultados negativos, dois empates e duas vitórias. 

Embora não exista nada de oficial, o treinador externou que ainda pensa em cumprir seu objetivo de não cair, porém já ajustou o foco para a próxima temporada. "Inicialmente, fui contratado para livrar o time do rebaixamento. Estou focado nisso. Mas pelo que tenho conversado com a diretoria, há desejo na continuidade do trabalho e teremos um projeto diferente para 2011. Não dá para adiantar nada neste momento. A prioridade agora é conseguir escapar do rebaixamento", afirmou.

Há duas rodadas do fim, o Santo André não depende apenas de suas forças para continuar na Série B, pois está a seis pontos do Guaratinguetá, 16º colocado. Desta forma, caso Picerni continue no cargo, ele será o responsável pelo iminente desmanche no elenco que, atualmente, conta com 44 jogadores.

Leia tudo sobre: santo andrésérie btreinadores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG