Tamanho do texto

Presidente do Fluminense acredita que clube tem demanda para manter dois gerentes de futebol

George Maragaia (Ambev / Divulgação
Peter Siemsen diz que clube tem demanda para dois gerentes de futebol
Desde o início das conversas entre Fluminense e Rodrigo Caetano , um ponto de interrogação surgiu na cabeça dos torcedores em relação a estrutura do futebol do clube. Isso porque o time das Laranjeiras já possui um gerente de futebol, Marcelo Teixeira, e um vice-presidente de futebol, Sandro Lima. Porém, nesta quarta-feira, durante a reapresentação do elenco e apresentação do zagueiro Anderson, o presidente Peter Siemsen declarou que o clube tem demanda para manter todos os profissionais e que espera uma resposta de Caetano nos próximos dias.

Mercado da Bola: Veja as últimas transferências dos clubes brasileiros

"Existe uma conversa em andamento, mas o clube prefere não comentar nada agora. Certamente teremos uma posição nos próximos dias. A gente sabe da demanda que o futebol exige hoje. Prefiro falar dessa demanda, das divisões de base, negociação de contratos, montagem de elenco. Certamente temos demanda para profissionais de qualidade como o Rodrigo Caetano e o Marcelo. Tem o CT, que queremos avançar nesse projeto. Caso a chegada do Caetano se concretize, ficaremos completos nesse quesito", disse o presidente do Fluminense .

Leia mais: Jogadores do Flu fazem exames e Laranjeiras passa por reforma

Sobre a chegada de novos reforços, o presidente declarou que apenas contratações pontuais serão feitas nas próximas semanas. O clube ainda busca um lateral-esquerdo para disputar posição com Carlinhos e um zagueiro. "O grande mérito foi a manutenção do elenco para este ano, que está quase fechado. A gente está vendo algumas coisas em que o Fluminense carece de um bom reserva, e a lateral-esquerda é uma dessas posições", disse Peter Siemsen.

Leia também: Reforço do Flu, Bruno elogia elenco 'espetacular' e Abel Braga

O Fluminense estreia na temporada no próximo dia 21 de janeiro, contra o Friburguense, pelo Campeonato Carioca , mas entrará em campo com um time reserva, já que os titulares terão mais uma semana de pré-temporada nas Laranjeiras. O objetivo é dar prioridade para a disputa da Copa Libertadores , título que o time ainda não tem. 

Veja também: Abel começa a integrar atletas da base ao time principal do Flu

"O Fluminense quer continuar a crescer no Brasil, com a conquista de títulos, e aumentar ainda mais o crescimento fora do país. Participar mais uma vez da Libertadores será muito importante, em 2008 fizemos uma festa em todos os jogos e o título certamente é o objetivo principal nesta temporada", finalizou o mandatário carioca.