Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Peruano com orgulho, Ramírez é "orientado" a não usar nome do país

Ainda se acostumando com língua portuguesa, meia ouve piadas sobre o Peru no Corinthians

Bruno Winckler, iG São Paulo |

Pouco mais de um ano depois de chegar ao Brasil para defender o Corinthians , o meia peruano Ramírez ainda não tem total domínio da língua portuguesa. Mas uma palavra já está riscada do seu vocabulário: Peru, o nome do seu país. "Logo que cheguei já me falaram o que o nome do meu país significa aqui e eu não falo mais o nome do meu país. Falo só que sou peruano", disse o meia de 27 anos, destaque do Corinthians na última rodada do Campeonato Paulista. "O Paulinho me falou o que é Peru aqui", comentou.

AE
Ramírez se vira com "portunhol"
Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O duplo sentido que "Peru" tem no Brasil, não o impede, obviamente, a ter orgulho do seu país. Ele está convocado para o próximo amistoso da sua seleção, contra a Tunísia, dia 28, em Radés, no país africano. "É sempre um prazer jogar por sua seleção. E um orgulho para todo jogador ter essa chance de defender seu país e comigo não é diferente", comentou o jogador, no seu portunhol característico.

"Não gosto muito de dar entrevistas. É meu jeito. Na minha carreira fui sempre assim, tranquilo, sossegado. Mas entendo o trabalho de vocês, jornalistas, que necessitam saber o que acontece com os jogadores", comentou o peruano.

Leia também: Com gols, Ramírez espera que expulsão contra o Tolima seja esquecida

Único jogador estrangeiro do elenco, Ramírez não tem aulas de português, mas não vive nenhum drama para se virar com a língua no seu dia a dia na cidade de São Paulo, principalmente quando sai para restaurantes. "Eu sou fresco, como dizem no meu país, não tenho essa de ficar com vergonha de falar. Falo do meu jeito mesmo. Se não falar, fico com fome", brincou o peruano. “Eu nunca vou falar que nem vocês. Falam muito rápido. E nós (peruanos) temos um espanhol mais ‘cerrado’, é diferente dos argentinos e uruguaios que falam no mesmo tom dos brasileiros”, comparou.

E mais: Tite cita o Tolima para valorizar volta por cima de Ramírez no Corinthians

Ramírez tem dois gols no Campeonato Paulista e foi bem nos dois últimos jogos que atuou, contra São Caetano e Portuguesa. Ele tem chances de iniciar como titular, sábado, contra o Botafogo de Ribeirão Preto, antes de viajar para defender seu país. Por causa do amistoso, ele perderá a partida contra a Catanduvense, dia 29, no Pacaembu.

Leia ainda: Titular de ocasião, Alex perde espaço para Ramírez e valoriza força do elenco

"É bom voltar para a seleção, mas tem essas coisas. Pode atrapalhar ter uma continuidade no time. Mas não posso pensar nisso. Fazia tempo que não ia para a seleção e vou para lá com a mesma vontade de sempre", disse o meia.

Leia tudo sobre: corinthianspaulistão 2012ramirez

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG