Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Perto de vaga olímpica, seleção sub 20 mira título

Brasil derrotou o Equador na noite de quarta-feira e precisa vencer o Uruguai para terminar Sul-Americano em primeiro lugar

AE |

selo
O fato de ter ficado muito próxima da vaga aos Jogos Olímpicos de Londres com a vitória por 1 a 0 sobre o Equador, conquistada na madrugada desta quinta-feira, em Arequipa, no Peru, não contentou a seleção brasileira no Campeonato Sul-Americano sub 20. Vice-líder do hexagonal final, o Brasil só pensa em vencer o líder Uruguai, no início da madrugada de domingo, à 0h10 (de Brasília), na última rodada da competição, apesar de assegurar classificação às Olimpíadas com um empate ou até mesmo com uma derrota, desde que a Argentina não goleie a Colômbia em outro duelo do dia.

O técnico Ney Franco enfatizou que o Brasil sempre focou a conquista do título da competição que dá duas vagas na Olimpíada de 2012 e quatro no próximo Campeonato Mundial da categoria. "Nós não estamos trabalhando com essas possibilidades (de jogar para empatar ou perder de pouco). Nosso objetivo desde o início da preparação é o título sul-americano, o que só será possível com uma vitória sobre o Uruguai. A vaga nas Olimpíadas virá junta", ressaltou o treinador.

O Brasil tem seis gols a mais de saldo do que a Argentina, mas o goleiro Gabriel, que foi um dos destaques da seleção na vitória sobre o Equador, deixou claro que apenas uma vitória sobre o Uruguai o deixará plenamente satisfeito ao final do torneio. "Queremos ser campeões deste sul-americano. Seria o desfecho de uma campanha de muita luta e também da busca da vaga na Olimpíada", afirmou.

O atacante Diego Maurício, por sua vez, seguiu a mesma linha de discurso do seu companheiro de seleção. "Claro que todo mundo aqui sonha em disputar uma Olimpíada. Mas isso terá um valor ainda maior sendo campeão sul-americano", acredita o jogador do Flamengo.

Uvini homenageado
Autor do gol da vitória sobre o Equador, o volante Casemiro resolveu homenagear o zagueiro e ex-capitão Bruno Uvini, que sofreu uma fratura na perna direita na derrota por 2 a 1 para a Argentina, na rodada anterior do Sul-Americano sub 20, e já voltou ao Brasil para ser operado. Após balançar as redes, ele festejou saltando com apenas uma perna para lembrar do companheiro de seleção e de clube no São Paulo.

"Tomara que ele esteja assistindo ao jogo. Mesmo com a perna imobilizada, deve ter comemorado muito o gol", disse Casemiro, falando sobre Uvini.

O meia Lucas também comentou a homenagem. "Dedicamos o gol do Casemiro ao Bruno. Está fazendo muita falta, mas vamos jogar por ele (contra o Uruguai) também", destacou.

Já Gabriel, dentro dos vestiários, ressaltou: "Vamos dedicar a vitória ao Bruno. Tenho certeza de que ele está com a gente".

Neymar e Juan sofrem
Se a seleção praticamente cumpriu a sua missão no Peru nesta quinta-feira, o atacante Neymar teve de se conformar em assistir ao confronto diante do Equador na tribuna de honra do estádio de Arequipa, pois estava suspenso após receber o segundo cartão amarelo no jogo contra a Argentina. No mesmo lugar ficou o zagueiro Juan, expulso diante dos argentinos.

"Nunca mais vou tomar cartão, é muito ruim não poder estar em campo", lamentou Neymar, enquanto Juan mostrou nervosismo com o posicionamento do Brasil em campo em certos momentos da etapa final. "Ali ó, muito espaço no meio de campo, o pessoal está muito distante", apontou o defensor como se orientasse a equipe no gramado.

Leia tudo sobre: seleção brasileirasub 20Sul-Americanobrasil

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG