Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Perto de melhor sequência no ano, Ronaldo mira marca de 13 anos

Domingo, o Fenômeno completa sete jogos seguidos pelo Corinthians. Com mais dois ele iguala desempenho obtido na Inter de Milão, em 1997

Bruno Winckler, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860475017&_c_=MiGComponente_C

Contra o Vitória, domingo, Ronaldo atingirá sua melhor sequência de jogos no ano. Serão sete partidas ininterruptas, um recorde para o Fenômeno em 2010. Mesmo com motivos para comemorar, o objetivo de Ronaldo é muito maior e já dura 13 anos. Se participar das últimas três partidas deste Brasileirão (o Corinthians ainda enfrenta Vasco e Goiás), o atacante atingirá nove jogos em série, algo que não consegue desde 1997, na sua primeira temporada pela Inter de Milão.

É essa nossa meta. Em 1998 ele chegou a fazer oito jogos seguidos, mas como ele mesmo disse quando voltou, trabalharia para estar nos nove jogos e deve estar em todos, sim. Com um jogo por semana o Ronaldo tem se recuperado muito bem entre as partidas, e continuando assim ele quebra essa marca nesse ano, disse o fisioterapeuta particular de Ronaldo e do Corinthians, Bruno Mazziotti.

Quando estreou pela Inter, em agosto de 1997, às vésperas de completar 21 anos, Ronaldo atuou de forma consecutiva em 21 partidas entre Campeonato Italiano, Copa da Itália e Copa da Uefa. Foi no final daquele ano que Ronaldo fez suas últimas nove partidas seguidas (confira abaixo). Nesses nove jogos, Ronaldo marcou quatro gols, mesmo número que tem nos últimos seis jogos seguidos pelo Corinthians.

As contusões que começaram a atrapalhar sua carreira a partir de 1998 impediram que Ronaldo voltasse a repetir o mesmo desempenho.  Naquele ano, no início da temporada, Ronaldo ficou de fora de alguns compromissos da Inter e o máximo de jogos que fez em série foram oito, como foi lembrado por Mazziotti.

Ronaldo encara com naturalidade a possibilidade de quebrar essa marca que já dura tanto tempo. Na sua última entrevista coletiva, há uma semana, ele foi lembrado da proximidade desse feito e comentou com nostalgia dos tempos em que conseguia ser mais assíduo. Inclusive na seleção brasileira.

Eu tive uma sequência boa em 2002 também (durante a Copa do Mundo Ronaldo jogou os sete jogos da campanha e marcou oito gols). Quem dera eu tivesse aquela velocidade de novo. Aquele preparo. Estou me adaptando, tenho outro estilo agora e só quero ajudar com o que eu tenho hoje, disse. Por Real Madrid ou Milan, clubes que defendeu entre 2002 e 2008, Ronaldo não conseguiu estar em sete compromissos seguidos.

Pelo Corinthians, Ronaldo conseguiu entrar em sete jogos consecutivos somente em julho de 2009. Atuou contra o Internacional na final da Copa do Brasil e depois participou de seis jogos do Brasileirão. Só interrompeu a série depois no clássico contra o Palmeiras, em Presidente Prudente, quando deixou o campo depois de fraturar a mão esquerda.

Neste ano, o Fenômeno iniciou bem a temporada e chegou a fazer seis jogos seguidos em março, entre partidas da Libertadores e do Campeonato Paulista. Foi substituído em três deles. A eliminação do torneio continental, em maio, pelo Flamengo, e as várias lesões que enfrentou na sequência afastaram o Fenômeno de boa parte deste Brasileiro. Fora as últimas seis partidas do Brasileiro m que atuou durante os 90 minutos, Ronaldo só participou de outros três jogos da competição.

Vamos torcer e trabalhar para que ele faça mesmo esses nove jogos. Vai ser muito importante para a auto-estima dele e para o próprio Corinthians, disse Mazziotti. Os companheiros de Ronaldo estão ainda mais esperançosos. O Ronaldo é essencial, fundamental. A gente tem uma segurança a mais. É um jogador diferenciado. A experiência dele conta muito. Contra o Cruzeiro, eu jamais pegaria a bola para bater aquele pênalti, disse o goleiro Júlio César nesta quarta-feira.

Confira as maiores sequências de jogos de Ronaldo pelo Corinthians, em 2009, e pela Inter, em 1997

Em julho de 2009, pelo Corinthians
Internacional 2 x 2 Corinthians (Copa do Brasil)
Corinthians  4 x 2 Fluminense*** (Brasileiro)
Grêmio 3 x 0 Corinthians (Brasileiro)
Corinthians 4 x 3 Sport** (Brasileiro)
Cruzeiro 1 x 2 Corinthians* (Brasileiro)
Corinthians 2 x 1 Vitória (Brasileiro)
Corinthians 0 x 3 Palmeiras (Brasileiro)
A última sequencia de nove jogos de Ronaldo

Entre novembro e dezembro de 1997, pela Inter de Milão
Atalanta 1 x 2 Inter (Campeonato Italiano)
Piacenza 1 x 0 Inter (Copa da Itália)
Inter 2 x 2 Milan* (Campeonato Italiano)
Strasbourg 2 x 0 Inter (Copa da Uefa)
Vicenza 1 x 3 Inter* (Campeonato Italiano)
Sampdoria 1 x 1 Inter* (Campeonato Italiano)
Inter 3 x 0 Strasbourg* (Copa da Uefa)
Inter 3 x 0 Roma (Campeonato Italiano)
Udinese 1 x 0 Inter  (Campeonato Italiano)

* marcou um gol
** marcou dois gols
***marcou três gols

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthiansronaldo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG