Tamanho do texto

Presidente do Cruzeiro conhece bem a rivalidade no Estado, mesmo com adversário já livre da degola

null

Quis o destino que o Cruzeiro decidisse sua permanência na primeira divisão logo diante do maior rival, o Atlético-MG . O clássico na Arena do Jacaré promete ser emocionante, já que a rivalidade entre os dois times fala alto. Para o presidente do Cruzeiro, o Atlético-MG vai entrar para vencer, mesmo já tendo escapado do rebaixamento.

Cruzeiro é o 16º colocado no Brasileirão. Veja a classificação atualizada

Logo que terminou a 37ª rodada do Brasileirão, começaram as especulações de que o Atlético-MG poderia aliviar para o Cruzeiro, já que os dois times são patrocinados pela mesma empresa, o Banco BMG. Entretanto, o presidente do Cruzeiro não acredita nisso e espera que o rival dificulte a parada na Arena do Jacaré.

Leia também: Para Mancini, empate com o Ceará tem sabor de derrota

"Não podemos perder o respeito um pelo outro. Estranho seria se o Atlético-MG facilitasse a vida do Cruzeiro. Dependemos somente de nós, mas continuo confiante. Cruzeiro ainda depende só dele. Enquanto dependemos só de nós, fico confiante", afirmou o mandatário cruzeirense.

Perrella lembrou como a rivalidade entre os dois times é grande. "Ninguém alivia para ninguém. Não esperamos e não queremos isso. Essa é uma das maiores rivalidades do Brasil. Vai ganhar quem tiver mais vontade e espero que seja o Cruzeiro", analisou Perrella.

Veja também: Jogadores do Cruzeiro lamentam descuido na partida com o Ceará

Como o mando de campo da partida é do Cruzeiro, a torcida presente na Arena do Jacaré será toda azul. Perrella convocou a torcida para o decisivo duelo. "Domingo que vem precisamos da torcida. Será um jogo difícil, mas dependemos das nossas forças. Valor do ingresso é irrelevante dada a importância do jogo. Se colocar muito barato facilita para os cambistas. Estádio vai lotar e conto com a torcida lá", concluiu o presidente.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente a rivalidade com o Atlético-MG

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.