Diretoria uruguaia decidiu premiar todo o elenco com viagem para a decisão contra o Santos, em São Paulo

O Peñarol virá ao Brasil com força máxima para a disputa da final da Copa Libertadores, quarta-feira, contra o Santos. Mais do que isso: todos os 26 jogadores que compõem o elenco virão ao País, mesmo os que não ficarão sequer no banco de reservas do Pacaembu.

Destaque para o zagueiro Gerardo Alcoba, que sofreu uma grave lesão no joelho antes do início do torneio e não disputou sequer uma partida.

Outro que chama atenção é o atacante Olivera, que contundiu o ombro direito no jogo de ida e precisou imobilizar o braço. Mesmo com limitações, ele garante que será capaz de superar as dores para entrar em campo.

Caso a previsão seja cumprida, o técnico Diego Aguirre deve repetir o time que entrou em campo no Estádio Centenário, na última quarta: Sosa; Alejandro González, Carlos Valdéz, Guillermo Rodríguez e Darío Rodríguez; Corujo, Aguiar, Freitas e Mier; Martinuccio e Olivera

A decisão da diretoria mostra a confiança do clube na conquista do título. Como o jogo de ida terminou empatado por 0 a 0 e o critério dos gols fora de casa não vale para a decisão, uma nova igualdade levará a decisão para a prorrogação e, mantido o empate, para os pênaltis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.