Tamanho do texto

Ex-zagueiro do Botafogo, que teve contrato rescindido após reclamar da reserva, pode ir parar no rival

Mesmo depois de ter o contrato rescindido pelo Botafogo , por reclamar publicamente da condição de reserva , o zagueiro Márcio Rosário continua se expondo em sua página do Twitter. Na tarde desta terça-feira, o jogador postou que já rescindiu o contrato com o ex-clube e está pronto para negociar, colocando o nome do Fluminense na mensagem. "Boa Tarde!! Rescisão na mão!!! Pronto para negociar!! Fluminense!!", escreveu. Depois de alguns minutos, o zagueiro apagou o recado.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Contratado em julho de 2010, por indicação do técnico Abel Braga, que trabalhou com o jogador no Al-Jazira, dos Emirados Árabes, o jogador pode voltar a trabalhar com o treinador, que deve assumir o Fluminense no Campeonato Brasileiro.

Uma mensagem parecida já havia sido postada pelo jogador na última segunda-feira, mas também foi deletada. Na última sexta-feira, Márcio Rosário confirmou que seu vínculo com o clube seria encerrado . "Acabou o meu serviço no Botafogo. Obrigado a todos por tudo. Vou deixar bem claro que nunca reclamei de nada. Sou homem!!! Não moleque!!! Fica aqui a minha indignação, mas não posso expor meus sentimentos agora!!!”, escreveu o ex-jogador do Botafogo.

Márcio Rosário estava treinando separado do elenco principal desde o último dia 7, quando foi punido pela diretoria por reclamar no Twitter. O contrato do zagueiro se encerraria no final de junho e não seria renovado. Assim, a equipe fica com apenas três zagueiro de origem no elenco. Antônio Carlos, João Filipe e Fábio Ferreira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.