Tamanho do texto

Pelé criticou o leilão dos clubes por Ronaldinho Gaúcho, e desafiou o atleta a jogar de graça no Grêmio

Pelé disparou contra o meia-atacante Ronaldinho
Samir Carvalho, iG Santos
Pelé disparou contra o meia-atacante Ronaldinho
O Rei Pelé criticou a postura do leilão que está sendo feito por Ronaldinho Gaúcho, que está na mira de Grêmio, Palmeiras, Flamengo e Corinthians. O ex-camisa 10 do Santos e da seleção brasileira lembrou que jogou uma temporada de graça por amor ao Santos, e desafiou Ronaldinho a jogar pelo Grêmio gratuitamente.

“A mentalidade dos jogadores atuais é totalmente diferente. Se ele disse que ama o Grêmio, ele deveria jogar de graça no Grêmio. Ele já está com a vida feita mesmo”, disparou Pelé, que concedeu entrevista coletiva na Vila Belmiro na tarde desta sexta-feira, após visitar o Memorial das Conquistas do Santos para inaugurar o espaço do octocampeonato.

Pelé fez um contraste com a atual situação do futebol brasileiro, e lembrou que em seu último ano de contrato com o Santos, em 1974, jogou uma temporada de graça pelo clube.

“Vocês devem se lembrar que quando era profissional do Santos em 1974, quando fui para o Cosmos, dos Estados Unidos, eu voltei e joguei pelo Santos por um ano de graça, o Santos ganhou, foi campeão. O meu problema não é dinheiro, isso nunca vai ser problema para nós”, disse Pelé.

Além de criticar a postura de Ronaldinho Gaúcho, o ex-camisa 10 do Santos também criticou a atitude dos clubes, que estão tentando a contratação do jogador do Milan, da Itália.

“É inadmissível que os clubes aceitem a fazer leilão com os jogadores. Isso é fazer o futebol muito baixo. Desta forma, você não joga porque gosta ou porque ama o clube, você vai jogar por quem dá mais. É ruim um leilão desse”, declarou Pelé.