Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Pela seleção sub 20, Neymar dispensa férias no Santos

Atacante vai ter pouco tempo de descanso entre o fim do Brasileiro e o início do Sul-Americano. Ele tem chance de quebrar recorde pelo clube da Baixada

Gazeta Esportiva |

Convocado para disputar pela seleção brasileira sub 20 o Campeonato Sul-Americano entre janeiro e fevereiro do ano que vem, no Peru, o atacante Neymar afirmou não estar preocupado com o pequeno período de férias que terá até o dia 13, quando irá se apresentar ao técnico Ney Franco. Segundo o camisa 11 do Santos, o fato de jogar contra o Flamengo, domingo, na Vila Belmiro, e depois ter que se apresentar a seleção sub 20, não é visto como um problema por Neymar.

O santista disse que "dispensa" alguns dias a mais de descanso para jogar o maior número de partidas possíveis. "Vou ter férias, sim. Alguns dias de folga para aproveitar o suficiente. Até dia 13 dá para descansar, depois vamos embora, buscar classificar o Brasil para as Olimpíadas (de 2012, em Londres, na Inglaterra)", comentou.

Satisfeito com a convocação e procurando encerrar bem o ano com o Santos, após os títulos paulista e da Copa do Brasil, Neymar rechaçou que esteja se colocando a disposição para enfrentar o Flamengo apenas para estabelecer novas marcas pessoais.

Isto porque, o atacante é o segundo maior artilheiro do clube da Baixada em uma única temporada após a "era Pelé", atrás apenas de Serginho Chulapa, que marcou 45 gols em 1983. Neymar tem 43 tentos anotados neste ano e pode superar o antigo camisa 9 do Santos, se marcar três gols diante do Flamengo.

"Não estou aqui para bater meta ou tentar ultrapassar a marca de ninguém. Estou fazendo isso porque quero jogar, deixar os companheiros na cara do gol, marcar gols, e ajudar o meu time a vencer. Claro que se eu fizer três gols vou ficar muito feliz, independentemente de recordes ou não. A minha profissão é jogar futebol. A minha alegria é essa. Por isso, estou à disposição para atuar e é opção do treinador (interino, Marcelo Martelotte) me escalar ou não", encerrou Neymar.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG