Ex-capitão do clube inglês completou, na última segunda-feira, sua transferência para o Barcelona

Pela primeira vez em oito anos, o Arsenal se prepara para uma partida sem contar com o meia Cesc Fábregas no elenco. O ex-capitão completou, na última segunda-feira, sua transferência para o Barcelona. O primeiro desafio do clube inglês sem ele será nesta terça-feira, contra a Udinese, pela terceira fase preliminar da Liga dos Campeões da Europa.

O jogo no estádio Emirates, às 15h45 (Brasília), não terá o atacante Robin Van Persie, suspenso pela expulsão contra o Barça nas oitavas de final da Champions da temporada passada. O meia Samir Nasri, também envolvido em negociações, não pode entrar em campo, pois isso impediria que ele jogasse esta edição do torneio por outro clube.

Abou Diaby e Jack Wilshere estão machucados."Perdemos um jogador de classe mundial e estamos tristes. Nós brigamos para mantê-lo, mas, no fim, precisávamos respeitar o desejo do jogador e ele queria jogar pelo time da sua cidade natal. Esse clube tem 125 anos e grandes jogadores passaram, mas o Arsenal continua. Precisamos mostrar que temos força e união para lutar como sempre fizemos", comentou o técnico Arsene Wenger.

O marfinense Gervinho, expulso na estreia do Campeonato Inglês contra o Newcastle, está confirmado. O resto do meio-campo terá Rosicky, Song e Ramsey. A defesa será escalada com Szczesny, Sagna, Koscielny, Vermaelen e Gibbs e o ataque terá Arshavin e Walcott.

A Udinese também sofreu perdas. O zagueiro Cristian Zapata foi negociado com o Villarreal e Gokhan Inler foi ao Napoli, mas o grande prejuízo do técnico Francesco Guidolin foi a transferência do meia Alexis Sánchez com o Barcelona. O time deve ter Handanovic; Domizzi, Larangeira e Benatia; Isla, Pinzi, Asamoah, Doubai e Armero; Di Natale e Barreto.

Para o atacante Antonio Di Natale, de 33 anos, esta é a partida mais importante da história do clube. "Posso pensar apenas na partida contra o Ajax (segunda rodada), em 1997, mas era pela Copa Uefa e agora é Champions League . Até para mim, que não sou jovem, será emocionante jogar. Em nível de clubes, é o maior desafio da minha carreira. É uma satisfação comparada apenas à minha estreia na seleção, mas aqui sou capitão de um time com jovens de 20 anos", comentou.

Pela mesma fase, que vale vaga nos grupos da Copa dos Campeões, o Lyon mede forças com o Rubin Kazan, no estádio Gerland, na França. Em sua primeira experiência internacional, o técnico Remi Garde não poderá contar com os meias Yoann Gourcuff, Éderson e Miralem Pjanic. Os russos não terão o recém-contratado Nelson Valdez.

O Benfica, por sua vez, joga contra o Twente, na Holanda. O lateral direito Maxi Pereira, o meia Pablo Aimar, o zagueiro brasileiro Luisão e o atacante Oscar Cardozo eram dúvidas, mas foram confirmados pelo técnico Jorge Jesus. O argentino não deve jogar o jogo inteiro.

Nos duelos entre os campeões nacionais, o bielorrusso Bate Borisov recebe o austríaco Sturm, enquanto o tcheco Plzen joga contra o Copenhaguen, na Dinamarca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.