Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Pela classificação, Chelsea de Ramires recebe Spartak de Alex

Equipe inglesa do volante brasileiro pode garantir a vaga se vencer o time russo em Londres

Gazeta Esportiva |

O Chelsea está em situação confortável, na liderança do Grupo F da Copa dos Campeões da Europa. Com nove pontos (100% de aproveitamento), os Blues podem conseguir a classificação para a próxima fase caso vençam nesta quarta-feira o Spartak de Moscou, da Rússia, no estádio Stamford Bridge, às 17h45 (de Brasília).

Contudo, o técnico Carlo Ancelotti terá problema para armar sua equipe. O treinador não irá contar com seu principal meia, Frank Lampard, com uma contusão na virilha. Seu substituto nos últimos jogos, Florent Malouda, tem um problema no tornozelo e também foi vetado, assim como Yossi Benayoun, que operado no tendão de Aquiles só volta em 2011. O lateral Jose Bosingwa, ainda fora de forma, também é desfalque.

Na defesa, Ivanovic assume o lado direito naturalmente. No meio, com tantos desfalques na armação, é provável que o brasileiro Ramires ganhe uma oportunidade ao lado de Obi Mikel e Essien.

O canhoto Zhirkov luta por uma vaga ou no meio campo, ou como ponta esquerda, na vaga do ágil Salomon Kalou. Isto porque Didier Drogba e Nicolas Anelka estão confirmados no ataque. "Nós tivemos muitas dificuldades no último jogo contra o Spartak (vitória do Chelsea 2 a 0), tivemos um segundo tempo muito defensivo e queremos jogar diferente. Com Drogba, nossas chances de vencer aumentam", comentou o técnico Carlo Ancelotti.

Enquanto isto, o Spartak Moscow segue apostando em jogadores brasileiros para conseguir um bom desempenho. Na armação de jogadas, os 'cérebros' da equipe são Alex (ex-jogador do Internacional) e Ibson (ex-Flamengo). No ataque, a esperança de gols recai sobre Welliton (ex-Goiás) e Ari (ex-Fortaleza).


Outro jogo
Também às 17h45, o Olympique de Marselha visita o Zilina na Eslovênia. Os franceses, com três pontos, ainda sonham com a vaga na próxima fase, enquanto a equipe anfitriã ainda não conseguiu somar sequer um ponto na chave. O OM confia em suas boas opções de ataque, como Gignac, Remy, André Ayew e o brasileiro Brandão, todos municiados pelo meia argentino Lucho González.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG