Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Pazzini estreia e lidera virada da Internazionale sobre o Palermo

Atacante contratado durante a semana junto à Sampdoria marcou dois na vitória de 3 a 2, no San Siro

AE |

A Inter de Milão conseguiu uma virada histórica sobre o Palermo neste domingo, no estádio Giuseppe Meazza, em Milão, pelo Campeonato Italiano. A equipe comandada pelo técnico brasileiro Leonardo chegou a estar perdendo por dois gols de vantagem, mas, com grande atuação do estreante Pazzini, venceu por 3 a 2. O goleiro brasileiro Júlio César também se destacou ao defender um pênalti.

Com o resultado, a Inter chegou aos 38 pontos e subiu da quinta para a quarta posição na tabela e ampliou para 24 jogos sua invencibilidade diante do Palermo em Milão.

Pentacampeã italiana, a equipe milanesa começou mal o campeonato, mas reagiu sob o comando de Leonardo, que assumiu em janeiro no lugar do demitido Rafa Benítez. Com o brasileiro, o time venceu quatro dos cinco jogos que disputou pelo Nacional e também avançou às semifinais da Copa da Itália.

O Palermo surpreendeu e abriu o placar do jogo deste domingo logo aos 4 minutos de jogo com o baixinho Miccoli, que completou cruzamento da direita de Cassani.

Aos 35, os sicilianos ampliaram em nova jogada de Cassani nas costas do lateral-esquerdo da Inter, Santon. Júlio César cortou parcialmente o cruzamento do atacante, mas a bola sobrou para Nocerino dar um corte seco em Maicon e marcar o segundo gol. Os visitantes ainda acertaram uma bola no travessão com Pastori, nos acréscimos.

AP
Pazzini marcou dois gols e sofreu um pênalti em sua primeira partida com a camisa da Internazionale
No intervalo, Leonardo promoveu uma alteração dupla na Inter. Tirou Santón e o ex-meia vascaíno Philippe Coutinho e colocou os estreantes Pazzini, atacante contratado junto à Sampdoria durante a semana, e o meia marroquino Kharja, que chegou neste sábado do Genoa.

As mudanças surtiram resultado e Pazzini descontou aos 11 minutos, quando recebeu na área, girou sobre o zagueiro e bateu rasteiro. Mas, seis minutos depois, o Palermo teve chance de matar o jogo com um pênalti de Thiago Motta sobre Kasami. Julio Cesar defendeu tanto a cobrança quanto o rebote de Pastori, levando o estádio à loucura.

A Inter se inflamou e partiu rumo à virada. Aos 27, Maicon cobrou falta na área e Pazzini cabeceou para empatar. O terceiro gol veio logo depois, aos 30, quando o mesmo Pazzini foi puxado por Muñoz na área. Eto'o converteu o pênalti e comemorou o gol como se fosse título junto aos torcedores.

Em Nápoles, o Napoli goleou a Sampdoria por 4 a 0 e manteve-se na vice-liderança, com 43 pontos, quatro a menos que o Milan. O uruguaio Cavani marcou três gols e assumiu a artilharia isolada do campeonato, com 17 gols. O eslovaco Hamsik completou o triunfo dos anfitriões.

Nos outros jogos já encerrados deste domingo, o Cagliari fez 2 a 1 no Bari, o Genoa bateu o Parma por 3 a 1, e Lecce e Sampdoria empataram por 1 a 1. Juventus e Udinese enfrentam-se logo mais.

Leia tudo sobre: InternazionalePalermoItáliafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG