Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Paulo Nobre faz evento e recebe visita de "rival" Pescarmona

Pelo menos publicamente, diretor de futebol declara que votará em Salvador Hugo Palaia para presidente

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O clima de eleições já dominou o ambiente palmeirense. Depois de candidatos aos mais diversos cargos se reunirem nas cativas do Pacaembu no último sábado no duelo contra o Botafogo de Ribeirão Preto, o domingo é marcado por um churrasco organizado na casa de Paulo Nobre, em Cotia. O detalhe das comemorações fica por conta da presença de Wlademir Pescarmona, atual diretor de futebol e candidato a vice-presidente pela chapa de Palaia.

Pelo menos oficialmente, Pescarmona declara que votará em Salvador Hugo Palaia para o cargo de presidente nas eleições de quarta-feira. O problema é que o dirigente, assim como todos os outros eleitores de Palaia, já percebeu que seu candidato não terá forças o suficiente para ser eleito.

Por isso, com o medo de ver a oposição assumindo o cargo de presidência e sob a justificativa de que Mustafá Contursi pode voltar, Paulo Nobre deve ganhar votos de eleitores que, publicamente, se declaram eleitores de Palaia. O voto é secreto e essa prática de declarar que escolherá um e na urna selecionar o outro pode alterar o favoritismo de Arnaldo Tirone.

O fato de Pescarmona comparecer ao evento de Nobre poderia não significar muita coisa. Afinal, é normal que, apesar da rivalidade política, conselheiros compareçam em eventos de outros para saber como está a situação e para aproveitar comida e bebida de graça. O problema é que essa foi a primeira vez que o diretor de futebol compareceu a um evento que não fosse o de Palaia.

No sábado, no Pacaembu, os dois trocaram acenos de longe. Pescarmona estava na arquibancada, Nobre nas cativas. Pelo menos a princípio, o diretor de futebol parece não concordar com a ideia de Palaia de que o candidato da terceira via não passa de um "corredor de kart".

E faltam apenas três dias para as eleições. Dia 19 de janeiro, o sucessor de Luiz Gonzaga Belluzzo será definido.

Leia tudo sobre: palmeiraspaulo nobrewlademir pescarmonapalaia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG