Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Paulistas se perdem em polêmicas e cariocas ganham mais força

Trio de Ferro de São Paulo se 'ocupa' com problemas e vê times do Rio crescerem na reta final da disputa

iG São Paulo |

A 29ª rodada do Brasileirão mostra que há bons motivos para crer em um terceiro título consecutivo de clubes do Rio de Janeiro no Brasileirão. E os rivais de São Paulo, maiores adversários dos cariocas na briga pela taça, não podem reclamar.

Afinal, Corinthians, São Paulo e principalmente o Palmeiras se perdem cada vez mais em problemas internos ou polêmicas infindáveis. Na mesma medida, Vasco, Botafogo, Flamengo e Fluminense mantêm o embalo à medida em que a reta final se aproxima.

Confira a classificação atualizada do Brasileirão

Nesta quinta-feira, o Vasco (50 pontos) pode retomar a liderança da competição caso vença o Atlético-PR, na Arena da Baixada. Tudo porque o ainda líder Corinthians, com 51 pontos, perdeu para o Botafogo, no Pacaembu. Os botafoguenses, diga-se de passagem, têm melhor aproveitamento do que os rivais, já que ocupam a terceira colocação, com 49 pontos, mas um jogo a menos.

Enquanto vê a liderança para lá de ameaçada, o Corinthians tem de lidar com a maneira como reconduz o atacante Adriano aos jogos. De quebra, o presidente Andrés Sanchez se envolve cada vez mais em uma guerra declarada contra Juvenal Juvêncio, presidente do São Paulo e seu antigo desafeto.

Veja ainda: Os gols dos jogos de quarta-feira pelo Brasileirão

Na última quarta, os dois cartolas exageraram ao trocar ofensas e acusações via imprensa. Enquanto seu time apenas empatava sem gols com o Inter, na Arena Barueri, Juvenal disse que Sanchez tem "Mobral inconcluso e precisa estudar mais". O corintiano respondeu magoado, aproveitando para insinuar que o desafeto fez mau uso do dinheiro público quando ocupou cargos no governo estadual.

Entre para a Torcida Virtual do seu time e comente este assunto

Fora da disputa, mas na berlinda

O Palmeiras, que já não vislumbrava a disputa pelo título, até que não reclama do empate por 1 a 1 com o Flamengo, no Engenhão.

Afinal, os bastidores do clube entraram em ebulição de vez. O atacante Kleber deve ser afastado definitivamente do elenco após voltar a bater de frente com o técnico Felipão. Tudo por conta do episódio no qual o volante João Vitor foi agredido por torcedores.

Ao clube do Palestra Itália, portanto, pensar até mesmo em vaga na Libertadores começa a soar otimismo exagerado.

Quem poderia mudar o panorama dos paulistas é o Santos, mas o time do litoral está cada vez mais voltado para a disputa do Mundial de Clubes e não dá sinais de interesse pelo Brasileirão.

Embalados e confiantes

No Rio ocorre o oposto. Navegando em mares tranquilos, Vasco, Botafogo, Flamengo e Fluminense conseguem se concentrar apenas nos adversários e, não à toa, parecem prontos para dar o bote no momento certo.

Dos quatro, Vasco e Botafogo têm demonstrado campanhas mais regulares. Fla e Flu, porém, são os dois últimos campeões do Brasileirão e não baixam a guarda.

O Flu, por exemplo, joga à noite contra o Coritiba, no Rio. Se vencer, chega aos 47 pontos, apenas um a menos do que São Paulo e Flamengo.

 

Leia tudo sobre: Brasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG