Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Patrícia e Luxa não vão à festa de Ronaldinho e ignoram Adriano

Presidente e técnico do Fla deixaram de lado chance de encontrar o Imperador, que quer voltar ao clube

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Ronaldinho Gaúcho completa nesta segunda-feira 31 anos bem vividos, quando acontecerá um churrasco. A grande festa, no entanto, aconteceu no domingo, quando estava suspenso do jogo do Flamengo contra a Cabofriense, que terminou empatado em 0 a 0. Entre os convidados, Adriano, que voltou ao Brasil depois de rescindir seu contrato com a Roma, foi o destaque, o que não significa que sua contratação possa estar mais próxima.

O fato de a presidente Patrícia Amorim e o técnico Vanderlei Luxemburgo não terem comparecido à festa, mesmo sabendo que Adriano poderia estar presente, demonstra como os responsáveis pelo comando do futebol pensam. A volta do Imperador ainda está muito mais na pressão da torcida do que nos bastidores do Flamengo, apesar da vontade do jogador de fazer parte do "Bonde do Mengão Sem Freio".

Patrícia, inclusive, não considera que Luxemburgo tenha mudado o discurso inicial de que Adriano não seria contratado por não se encaixar na filosofia do departamento de futebol. O treinador deu declarações controversas numa entrevista à Rádio Tupi, na qual diz que não havia vetado a volta do jogador. Nesse momento, inclusive, ela seria o maior foco de resistência para iniciar a negociação.

Com força política suficiente para ter segurança em suas decisões, Patrícia está mais preocupada com a procura por um patrocinador master e a assinatura do contrato de cessão dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de 2012 a 2014 – a Record já fez uma proposta de R$ 100 milhões ao clube. Adriano se transformou em assunto secundário e os membros da diretoria evitam a todo custo comentar o caso.

Adriano chegou à festa de Ronaldinho por volta das 3h, no Clube Ginástico Português. Muito querido pelos jogadores do atual elenco do Flamengo, rapidamente se enturmou e aproveitou a comemoração do amigo. O Imperador ainda vive a expectativa de receber um contato da diretoria, mas já começa a pensar seriamente em aceitar a proposta que recebeu do Corinthians.
 

Leia tudo sobre: FlamengoAdrianoRomaCampeonato Carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG