Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Patrícia Amorim: "Que desconte no Vasco"

Presidente do Flamengo espera que time encerre má fase no Brasileiro contra o rival, domingo, no Engenhão

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

A presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, não costuma provocar rivais, mas a ocasião pode exigir palavras de incentivo e motivação. Depois de três jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro e a perda da invencibilidade na competição, ela aproveitou o clássico com o Vasco, domingo, às 16h, no Engenhão, pela última rodada do primeiro turno, para expor o seu sentimento.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

“Que desconte no Vasco”, afirmou Patrícia, rapidamente tentando evitar qualquer tipo de provocação contra o rival. “”Poderia ser contra qualquer outro time, mas o próximo adversário é o Vasco”, emendou a presidente, satisfeita com o desempenho do time na temporada.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

O Flamengo vem de dois empates em 2 a 2, com Figueirense e Internacional, ambos fora de casa, e uma derrota por 4 a 1 para o Atlético-GO, no Engenhão. Apesar dos resultados, o time segue na segunda colocação, com 35 pontos, dois a menos do que o Corinthians. O Vasco, adversário de domingo, tem 34.

“Eu sou muito otimista. O Vasco empatou, o São Paulo também. Vai ser assim com todo mundo”, comentou Patrícia, que confessou um certo temor pelo São Paulo, que tem 34 pontos. “Parece a Imperatriz Leopoldinense. Não fazia um grande espetáculo no desfile, mas acabava campeã do Carnaval”.

Antes de enfrentar o Vasco, o Flamengo terá pela frente o Atlético-PR, quarta-feira, na Arena da Baixada, pelo jogo de volta da fase nacional da Copa Sul-Americana. Como venceu por 1 a 0 o primeiro duelo, poderá perder por um gol de diferença, desde que marque pelo menos um, para se classificar.

Leia tudo sobre: FlamengoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG