Em nota, clube italiano diz que atacante não terá que passar por cirurgia e que reunião com médicos da seleção definirá convocação

O Milan divulgou nesta terça-feira um comunicado oficial a respeito da contusão de Alexandre Pato . Segundo a nota, a lesão no ombro esquerdo do atacante não é grave e ele não terá que ser submetido a cirurgia. O tempo de recuperação estimado está entre quatro a cinco semanas, o que coloca em xeque sua participação na Copa América com a seleção brasileira. O departamento médico do Brasil está em contato com os profissionais italianos e só haverá uma definição se ele viajará ou não à Argentina depois dos amistosos contra Holanda (4 de junho, em Goiânia) e Romênia (7 de junho, em São Paulo).

Alexandre Pato sofreu deslocamento do ombro esquerdo na última partida do Milan na temporada
Gettty
Alexandre Pato sofreu deslocamento do ombro esquerdo na última partida do Milan na temporada
A competição começa apenas no dia 1º de julho, o que possibilitaria a ida de Pato. Mas a convocação de Mano Menezes está marcada para 7 de junho, quando o atacante ainda estará no processo de reabilitação. O Milan avisou que irá discutir no final de junho com os médicos da seleção sobre a decisão de liberar ou não o jogador.

Pato já foi cortado dos amistosos contra Holanda e Romênia . Mano Menezes deverá fazer com ele o que mesmo que faz com relação a Paulo Henrique Ganso: esperar até o último minuto para decidir sobre a convocação.

O deslocamento no ombro esquerdo de Pato ocorreu na partida do Milan contra a Udinese, válida pela última rodada do Campeonato Italiano. Esta não foi a primeira contusão do atacante no ano. Em abril, ele sofreu uma contratura na coxa direita. Um mês antes, desfalcou o Brasil no amistoso contra a Escócia por causa de uma torção no tornozelo esquerdo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.