Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Passado, presente e futuro da seleção se encontram em sorteio

Neymar, Lucas e outros jovens estarão ao lado de ex-jogadores como Pelé, Ronaldo, Zico e Bebeto

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Maurício Val / Fotocom.net
Felipe Bastos é um dos representantes da nova geração do futebol brasileiro que estará no sorteio da Copa
O sorteio preliminar das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, realizado neste sábado, na Marina da Glória, no Rio de Janeiro, não irá definir o futuro da seleção brasileira. Além de já estar classificada por sediar a competição, o grupo das eliminatórias sul-americanas é único, em turno e returno. Porém se o destino dos comandados de Mano Menezes não está em jogo, o evento marcará um encontro de três gerações de jogadores da seleção que representam bem o presente, o passado e o futuro.

Entre os ex-jogadores, destaque, claro, para Pelé, que só irá participar do evento após ter sido nomeado pela presidente Dilma Rousseff o embaixador do Brasil na Copa de 2014. Espaço também para campeões do tetra, conquistado em 1994, nos Estados Unidos. Cafú irá sortear os representantes da África, enquanto Bebeto ajudará com a definição na América do Norte e Central.

O sorteio mais aguardado, das eliminatórias europeias, ficará por conta de Ronaldo, que ao se reaproximar de Ricardo Teixeira, em 2010, voltou a ser uma espécie de 'garoto propaganda' da CBF em grandes eventos. Ainda completam a lista Zagallo e Zico.

Dos jogadores em atividade, destaque para o grande número de jovens escolhidos pela organização do evento que, apesar da pouca idade, já são considerados indispensáveis na seleção de Mano Menezes. Paulo Henrique Ganso, Neymar, Lucas e Felipe Bastos foram chamados para o primeiro evento oficial da Copa de 2014. Para o volante do Vasco, estar ao lado de grandes ex-jogadores é sinônimo de orgulho.

Maurício Val / Fotocom.net
Felipe Bastos é um dos representantes da nova geração do futebol brasileiro que estará no sorteio da Copa

"Nossa, nem dá para explicar a emoção. São grandes craques que procuro me inspirar. Fui campeão nas categorias de base da seleção brasileira e espero seguir os passos deles também no time principal, apesar de hoje ter a seleção olímpica como foco. É uma honra enorme ter sido convidado pela Fifa para participar do primeiro grande evento da Copa do Mundo no Brasil", declarou.

Entre os 'convocados', há espaço também para apostas futuras. Caso do meia Lucas Piazon, do São Paulo, que já está negociado com o Chelsea, da Inglaterra. O jogador foi campeão com a seleção no Sul-Americano Sub 17 e é visto como grande esperança.

Leia tudo sobre: copa 2014eliminatóriasseleção brasileira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG