Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Parte comercial pesa para definir a data de estreia de Ronaldinho

Vanderlei Luxemburgo admite que decisão passa pela necessidade de aproveitar a imagem do craque no clube

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

O técnico Vanderlei Luxemburgo admitiu nesta sexta-feira que a parte comercial vai pesar na decisão sobre a estreia de Ronaldinho Gaúcho com a camisa do Flamengo. O clube negocia com algumas empresas o patrocínio master na camisa para substituir a Batavo, que tem contrato até o dia 31. Por isso, o primeiro jogo do craque deve acontecer mesmo no dia 2 de fevereiro, contra o Nova Iguaçu, no Engenhão, para valorizar o uniforme com a marca do novo parceiro.

A Batavo pagou R$ 22 milhões este ano para estampar sua marca na camisa do Flamengo. Na verdade, acabou anunciando antecipadamente que não seguiria no clube depois de janeiro e não pagou os últimos três meses de contrato, negociando o acerto da dívida para este ano.

"Vamos estrear jogadores diferentes visando a parte técnica e a comercial. Temos que saber tirar proveito da situação, sem prejuízo técnico. O clube fez um esforço para ter o Ronaldinho Gaúcho e precisamos ter o timing para usar a imagem do jogador. Mas volto a frisar que a parte técnica vai prevalecer, pois eles foram contratados para ganhar campeonatos, que é o maior investimento para todo mundo. Se não ganhar, fica ruim para todo mundo", explicou Luxemburgo.

Segundo o treinador, o plano está traçado para Ronaldinho, Thiago Neves e Bottinelli, mas ele se recusa a revelar. Nesta sexta-feira, Ronaldinho, com uma atuação muito discreta, e Thiago, com boa movimentação, participaram do coletivo no time reserva contra os titulares, que vão enfrentar o América, sábado, em Edson Passos, pela segunda rodada do Carioca.

"A convivência com o Ronaldinho é muito boa. O papo é sempre legal. Ele está treinando forte, se empenhando. Um jogador como ele não chega ao nível de jogo num coletivo. A atuação é num nível bem inferior, pois guardam tudo para o jogo, que é o grande momento. Bola, ele tem, não vou ensinar os caras a jogar bola", comentou Luxemburgo.

Ronaldinho, Thiago Neves e Bottinelli ainda não estão regularizados. O argentino deve ter sua situação resolvida na segunda-feira, começando o jogo com o Americano, quarta-feira, em Macaé. No dia 30, Thiago pode estrear contra o Vasco, enquanto Ronaldinho faria seu primeiro jogo no dia 2 de fevereiro.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG