Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Paredes indica que Grêmio precisa aumentar oferta ao Colo Colo

Miralles, ex-companheiro do meia no clube chileno, relata dificuldade na negociação

iG Porto Alegre |

Apesar do esforço da direção, o Grêmio tem dificuldades em contratar Paredes, do Colo Colo. Em entrevista ao site do clube chileno, o meia disse não ter recebido nenhuma proposta que cubra a multa rescisória de US$ 2 milhões (R$ 3,2 milhões):

"Se fala muito do meu futuro, tenho contrato até a metade de 2012. Estou muito contente, se chegar uma oferta vamos analisar. Mas não chegou nada concreto e nem perto da minha cláusula de rescisão".

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter do iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

O Grêmio considera este valor elevado. A dificuldade nas tratativas também foi relatada por Miralles, ex-companheiro do meia no clube chileno, apresentado na terça-feira no Olímpico. Antes de viajar a Porto Alegre, o argentino conversou com o antigo companheiro:

"Jogamos dois anos juntos, então, nos entendemos muito bem. Se vier será um bom reforço. Agora, os direitos não pertencem apenas ao Colo Colo e, por isso, as tratativas estão complicadas", disse Miralles.

Os direitos de Paredes estão divididos em duas partes: 60% do Colo Colo e 40% do Santiago Morning. A direção estuda mandar um representante a Santiago para agilizar as negociações – um empresário começou as tratativas.

Caso seja contratado, Paredes desfalcará o Grêmio no período da Copa América entre 1º e 24 de julho. O Chile enfrenta Peru, México e Uruguai, no Grupo C.

Leia tudo sobre: grêmioparedesbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG