Time de Curitiba conseguiu surpreender os mandantes e aplicar uma vitória contundente fora de casa

O Paraná Clube começou bem sua sequência fora de Curitiba ao bater o Goiás por 3 a 0, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Paraná soma 10 pontos e assume a liderança da competição, pelo menos até o final da rodada. Já o time goiano, com seis pontos, cai para a 8ª colocação.

Os paranaenses abriram o placar aos 13 minutos do primeiro tempo, com Giancarlo, que aproveitou bom passe de Junior Urso para marcar. Aos 21 minutos, Éverton Garroni pegou cruzamento para desviar e ampliar. Depois do intervalo, Lima ainda fechou a contagem, aos 28 minutos, fazendo fila na defesa.

Na próxima rodada, o Goiás encara o Salgueiro, no Estádio Ademir Cunha, sábado, em Paulista, Pernambuco. Já o Paraná Clube encara no mesmo dia o Náutico, em partida marcada para o Estádio dos Aflitos, em Recife.

Futura Press
Lance do jogo entre Goiás e Paraná
O jogo
De olho em uma vaga no G-4 e animado pela chegada do técnico Roberto Fonseca, o Paraná não se intimidou na casa do adversário. Logo aos dois minutos criou a primeira oportunidade de abrir o placar, com Everton Garroni, que mandou um petardo que passou raspando a trave de Harlei. Os esmeraldinos respiraram e conseguiram equilibrar as ações, mas sem eficiência no ataque.

Impondo seu ritmo, o Paraná chegou ao gol aos 13 minutos, com Giancarlo, que recebeu passe açucarado de Júnior Urso, tirou a marcação e chutou bonito, na saída do goleiro goiano. Jefferson Maranhão quase ampliou aos 20 minutos, recebendo com liberdade, de frente para a meta, mas o árbitro anulou o lance anotando um impedimento. O Goiás não teve a mesma sorte um minuto depois, quando Éverton Garroni desviou cobrança de falta de Wellington e ampliou a vantagem no marcador.

O Goiás finalmente levou perigo aos 25 minutos, em cobrança de falta de Rafael Tolói que, de muito longe, mandou a bomba para ótima defesa de Zé Carlos. O torcedor esmeraldino na arquibancada perdia a paciência com o time da casa a cada lance errado. Aos 32 minutos, Jefferson Maranhão aproveitou cruzamento para testar firme e obriga Harlei a mais um milagre no Serra Dourada. O goleiro salvava os goianos de uma goleada. Aos 38 minutos, em chute de Wellington, e aos 46 minutos, em tentativa de cobertura de Jefferson, fez lindas intervenções.

Na segunda etapa, o Paraná esteve próximo de matar a partida logo aos dois minutos, com Serginho, que chutou de longe para outra defesa plasticamente bonita de Harlei. Precisando da virada, o Goiás foi para o ataque. Aos 10 minutos, Marcelo Costa chegou na lateral da área e levantou. Luciano Castán, ligado, afastou o perigo. Aos 13 minutos, Zé Carlos se atrapalhou ao sair da meta, mas a defesa paranista conseguiu afastar.

Depois de uma pressão inicial, o Tricolor da Vila conseguiu equilibrar as ações. Ainda assim o time da casa levava mais o perigo, como aos 20 minutos, com bola levantada que obrigou Zé Carlos a deixar a meta e interceptar. A equipe paranista soube esperar a hora certa de contra-atacar e, aos 28 minutos, Lima passou como quis pela defesa e bateu no fundo das redes para fazer o terceiro gol.

Aos 32 minutos, quase a goleada se concretizou, com um chute forte de Giancarlo que carimbou a trave. Aos 36 minutos, Valdir Filho tentou o lançamento em profundidade de Zé Carlos agarrou sem nenhum problema. O Paraná não desistia e tentava ampliar a vantagem. Aos 42 minutos, Serginho bateu de longe, pela linha de fundo. Foi uma noite que há tempos o torcedor paranista não assistia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.