Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Paraná reformula marketing para reencontrar a torcida

Apesar de ter a 3ª maior torcida do estado, média de público do clube só faz despencar desde 2008

Altair Santos, iG Curitiba |

O Paraná Clube usará o amistoso que fará na próxima quarta-feira, contra o Cerro Portenho (Paraguai), para medir o grau de fidelidade de sua torcida. O clube, que está reformulando a direção de marketing, pretende desenvolver ações que permitam aumentar sua média de público na temporada 2011.

Desde que foi rebaixado para a Série B, em 2007, o Paraná viu sua torcida desaparecer do estádio. Em 2008, a média do clube na segunda divisão do Campeonato Brasileiro foi de 4.401. No ano seguinte, caiu para 3.493 e em 2010 ficou em 3.270.

A situação ainda é mais preocupante quando a competição é o Campeonato Paranaense. No ano passado, o Paraná foi 4.º colocado na classificação e 6.º em público, com média de 1.886 pagantes. Ficou atrás de equipes teoricamente com menos torcida, como Operário, Cascavel e Rio Branco.

Segundo recentes pesquisas do Ibope e da Paraná Pesquisas, o Paraná Clube tem entre 350 mil e 400 mil aficionados e detém a 3ª maior torcida do estado. A maioria se concentra em Curitiba, região metropolitana e no litoral. O auge da fidelidade ocorreu na década de 1990, quando o clube tinha uma média que beirava os 10 mil por jogo.

Segundo o presidente Aquilino Romani, a fórmula para voltar a atrair a torcida é antiga: conciliar um time que recoloque o clube na rota das conquistas com pacotes de fidelidade. “Acho que na crise é que a torcida tem de mostrar seu amor ao clube. O novo marketing vai nessa linha”, avisa o dirigente.

Leia tudo sobre: ParanáFutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG