Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Paraná fica no empate com o pequeno Gurupi-TO pela Copa do Brasil

Após 1 a 1, o time de Curitiba, que disputa a Série B, já soma 10 partidas sem vitória nesta temporada

Gazeta |

Disputando sua décima partida oficial na temporada, o Paraná Clube continua sem vencer. Desta vez não passou de um empate em 1 a 1 diante do Gurupi, em partida disputada no Estádio Resendão, no interior do Tocantins, pela primeira fase da Copa do Brasil. Com o resultado, teremos jogo de volta, na Vila Capanema, na próxima quarta-feira, em Curitiba.

No primeiro tempo, o time da casa teve a chance de abrir o placar aos 46 minutos, em cobrança de pênalti, mas Wallison parou nas mãos de Jociel Henrique. Porém, aos 15 minutos do segundo tempo, não teve jeito. Após cruzamento, Wellington desviou e fez a festa da torcida local. De pênalti, Kelvin deixou tudo igual, aos 24 minutos.

O vencedor do duelo encara na próxima fase quem passar do confronto entre Botafogo e River Plate-SE. Por enquanto, o Paraná continua sua saga no Campeonato Paranaense, onde ocupa a última colocação, domingo, diante do azarão Arapongas.

O jogo
Logo no primeiro minuto, o Paraná mostrou que estava com apetite para desencantar na temporada. Henrique cobrou falta direto para o gol tentando surpreender o goleiro Santos, que espalmou pela linha de fundo. Aos quatro minutos, Diego mandou o petardo, sem perigo. O jovem Kelvin apareceu com destaque aos sete minutos, limpando a defesa e sendo travado na hora do arremate.

Depois do ímpeto inicial, o Tricolor da Vila se encolheu, pela dificuldade de passar pela defesa da equipe de Tocantins e por suas próprias limitações no ataque. Aos 17 minutos, Douglas Packer fez o cruzamento e a defesa apareceu para afastar. O Gurupi acordou e começou a crescer no jogo. Aos 24 minutos, Warley chutou, Thassio pegou o rebote e desviou para fora. No minuto seguinte, Cleitinho lançou em profundidade e William não alcançou.

O jogo era corrido, mas tecnicamente era péssimo. Aos 36 minutos, Rodrigo Defendi cobrou falta de longe, a bola desviou na defesa e saiu em escanteio. Diego tentou resolver sozinho, aos 38 minutos, mas ficou sem a bola no meio do caminho. O Gurupi se assanhava e, aos 45 minutos, Defendi empurrou Warley na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Wallison parou nas mãos de Jociel.

Depois do intervalo, o Paraná voltou com Taianan no lugar de Tito. Aos três minutos, falha da zaga do Gurupi. Diego tentou o cruzamento e a defesa se recuperou para afastar pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio, um sintoma da fase paranista. Cobrança direta para a linha lateral, a dois metros de distância. Confusão entre os jogadores dos dois times, mas tudo contornado, aos 10 minutos.

O gol do Gurupi surgiu aos 13 minutos, em levantamento de bola que sobrou para Wellington, que só desviou para as redes. O gol empolgou a torcida e os jogadores. Aos 15 minutos, Wallison chapelou Luiz Camargo, deu continuidade a jogada e arrematou para fora. Que fase do Paraná Clube. Henrique tentou responder, aos 18 minutos, com um chute que deu trabalho para Santos.

A esperança renasceu para os paranaenses com um pênalti sofrido por Diego, aos 24 minutos. Na cobrança, Kelvin balançou a redes. Aos 29 minutos, Chocolate mandou uma bomba, a bola explodiu no travessão, bateu próximo da linha e saiu. Taianan entrou bem no jogo e, aos 32 minutos, deixou Kelvin livrar para perder o gol. Aos 42 minutos, Kelvin chutou cruzado, sem perigo algum.

FICHA TÉCNICA - GURUPI/TO 1 x 1 PARANÁ CLUBE

Local: Estádio Gilberto Resende Rocha, em Gurupi (TO)
Data: 16 de fevereiro de 2011, quarta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Luciano Benevides de Sousa e João Antônio Sousa Paulo Neto (DF)
Cartões amarelos: Wallison, William Bala e Cleitinho (Gurupi); Thassio, Rafael Vaz, Serginho, Paulo Henrique (Paraná)

Gols: GURUPI: Wellington, aos 13 minutos do segundo tempo. PARANÁ:Kelvin, aos 24 minutos do segundo tempo

GURUPI: Santos; Cleitinho, Leivinha, Madeira e Juninho; Thassio, Chocolate, Wellington (Eder) e Walisson (Lucas); Warley e William Bala.
Técnico: Luís Carlos

PARANÁ: Jociel Henrique; Paulo Henrique, Rafael Vaz, Rodrigo Defendi e Henrique; Serginho, Luiz Camargo, Douglas Packer (Renato) e Diego (Borges), Kelvin e Tito (Tainan)
Técnico: Ageu Gonçalves
 

Leia tudo sobre: paranácopa do brasil 2011gurupijejumtabu

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG