Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Paraná faz torcida sofrer, mas vence o Roma em casa

Com resultado, equipe de Curitiba chega à terceira colocação no segundo turno do Estadual, com nove pontos

Gazeta Esportiva |

O Paraná Clube fez a torcida passar raiva na Vila Capanema, mas conseguiu bater o Roma Apucarana por 2 a 0, se mantendo fora da zona de rebaixamento da classificação geral do Campeonato Paranaense 2011. No segundo turno, o time paranista já ocupa a terceira colocação, três pontos atrás do líder Coritiba.

Depois de um primeiro tempo desperdiçando chances e um segundo tempo ruim, a equipe de Curitiba conseguiu abrir o placar somente aos 31 minutos da etapa final, com Léo aproveitando cruzamento de Henrique. O atacante também fez o segundo, cortando a defesa e fuzilando para marcar um golaço.

Na próxima rodada, o Paraná Clube volta a campo na quinta-feira,quando encara o Cianorte, no Estádio Albino Turbay, no interior do estado. Já o Roma recebe em Apucarana, na quarta-feira, o Atlético Paranaense, no Estádio Bom Jesus da Lapa.

O jogo

Modificado, o Paraná tentava fazer a lição de casa para não terminar a rodada na zona da degola. Aos três minutos, Léo recebeu lançamento em velocidade e arrematou para fora, longe do alvo. No lance seguinte foi a vez de Taianan aparecer na área e praticamente recuar para o goleiro Spada. A equipe paranista começou melhor e pressionava o adversário nos primeiros minutos.

Fazendo uma campanha ruim, o Roma não ameaçava o Paraná, que tinha domínio total das ações. Aos 12 minutos, Kelvin deixou dois defensores para trás e mandou o petardo pela linha de fundo. Mais um belo chute na partida, desta vez de Léo, aos 17 minutos, parando nas mãos de Spada, que tinha trabalho. Com a demora em fazer o primeiro gol, a equipe da capital começava a dar espaço. Aos 20 minutos, Danielzinho apareceu com liberdade para cabecear e o árbitro marcou impedimento.

O ritmo do jogo caiu, com poucas oportunidades reais criadas. Aos 27 minutos, Taianan arrematou de longe e isolou a bola. Kelvin partiu para a jogada individual, aos 36 minutos, e fez o cruzamento para Leo, que não alcançou a bola, desperdiçando mais um ataque. Chance mesmo perdeu Vinícius, aos 42 minutos, depois de matar no peito, com muita categoria, e girar para mandar um chute cruzado, que passou com perigo.

No segundo tempo, os jogadores paranistas retornaram prometendo conseguir a vitória em casa. Aos cinco minutos, Kelvin fez a jogada e cruzou pra Leo, que bateu para grande defesa de Spada. A pressão era total por parte do Paraná que, no entanto, parava na defesa e, especialmente, no goleiro adversário. A resposta do Roma veio aos 12 minutos, com Danielzinho, que disparou o chute para intervenção de Thiago Rodrigues.

O jogo que parecia fácil para a equipe da casa começou a se complicar. Aos 16 minutos, Warley cobrou falta, a bola desviou na barreira e, no rebote, o próprio atacante isolou. Aos 19 minutos, após cobrança de escanteio, Juninho desviou de cabeça e quase matou a zaga paranista. O técnico Ricardo Pinto mexia no time tentando mudar o panorama.

Mais um contra-ataque do time de Apucarana, aos 24 minutos com Danielzinho, que fez o levantamento nas mãos do goleiro. O torcedor já começava a se irritar nas arquibancadas quando, aos 31 minutos, Henrique recebeu cobrança de escanteio e cruzou para Léo, que testou para o fundo das redes. A porteira abriu e, quatro minutos depois, novamente Henrique encontrou Léo, que cortou o zagueiro e bateu com categoria para as redes. Aliviado, o Paraná só administrou até o apito final.

Leia tudo sobre: campeonato paranaense 2011paraná

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG